Interlocução entre saúde e Ciência da Informação: proposta para o diagrama multidisciplinar da CI

Barbara Coelho Neves, Marcia Ivo Braz

Resumo


Introdução: Este artigo tem como tema a interdisciplinaridade da Ciência da Informação. Objetivos: visa apresentar um levantamento dos trabalhos de pesquisa publicados na Web of Science (WoS), justificando os principais eixos de interlocução entre as duas áreas do conhecimento. De modo específico foram observadas as publicações na base de dados WoS relativas à área de Ciência da Informação, investigadas as convergências interdisciplinares entre os temas da área de saúde e da CI, e propondo a inclusão da área da Saúde no Diagrama da Multidisciplinaridade da CI. Método: utilizado é exploratório por meio de levantamento desenvolvido através de observação indireta na base de dados WoS. Resultado: recuperou-se 508 artigos que fazem interlocução entre as áreas, a curva de tendência calculada entre os anos de 1975 a 2014 e as instituições que mais publicam sobre os temas relacionados. Conclusão: propõe agregar o eixo de intercessão à área de Saúde, incluindo os campos mais abordados nessa temática no Diagrama da Ciência da Informação.


Palavras-chave


Ciência da Informação; Interdisciplinaridade; Comunicação Científica; Fontes de Informação – Saúde

Texto completo:

PDF

Referências


CAPURRO, R.; HJØRLAND, B. O conceito de informação. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 12, n. 1, 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2018.

CARVALHO, D. R.; ESCOBAR, L. F. A.; TSUNODA, D. Pontos de Atenção para o Uso da Mineração de Dados da Saúde. Informação&Informação, Londrina, v. 19, n. 1, p. 249-259, jan./abr. 2014. Disponível em: . Acesso em: 21 jun. 2018.

CASADO, E. F. Elaboración de ranking nacionales como herramientas de evaluación científica. In: Encontro Brasileiro de Bibliometria e Cientometria, 4, 2014. Anais..., Recife: Edufpe, 2014.

CASE, D. O. Searching for health information: an overview of issues, developments an research findings. In: DUARTE, Z.; PESTANA, O.; ABREU, C. (Org.) Informação e saúde: percursos de interdisciplinaridade. Salvador: Edufba, 2016.

GALVÃO, M. C. B.; RICARTE, I. L. M. Prontuário do paciente. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.

GASQUE, K. C. G. D. Teoria fundamentada: nova perspectiva à pesquisa exploratória. In: MUELLER, S. P. M. (Org.). Métodos para a pesquisa em ciência da informação. Brasília: Thesaurus, 2007. p. 107-142.

LE COADIC, Y-F. A ciência da informação. Brasília: Briquet de Lemos, 1996.

_____. A ciência da informação. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

MESSINA, L. A. et al. A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa RNP e a gestão da comunidade acadêmica da saúde na RUTE Rede Universitária de Telemedicina. In:_____. Informação e saúde: percursos de interdisciplinaridade. Salvador: Edufba, 2016.

MUELLER, S. P. M. (Org.). Métodos para a pesquisa em Ciência da Informação. Brasília: Thesaurus, 2007.

MURPHY, J. International trends in health science librarianship: Part 7, Taking stock. Health Information and Libraries Journal, v. 30, n. 3, p. 245-252, set. 2013.

NEVES, B. C. Fundamentos e agenda da inclusão digital na educação brasileira: aspectos teóricos, metodológicos e conceituais. 2015. 150 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal da Bahia, Faculdade de Educação, Salvador, 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2018.

PACKER, A. L.; TARDELLI, A. O.; CASTRO, R. C. F. A distribuição do conhecimento científico público em informação, comunicação e informática em saúde indexado nas bases de dados MEDLINE e LILACS. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 12, n. 3, p. 587-599, 2007.

PINHEIRO, L. V.; LOUREIRO, J. M. M. Traçados e limites da ciência da informação. Ciência da Informação, v. 24, n. 1, 1995, não paginado.

RIBEIRO, F. Medicina e Ciência da Informação: uma abordagem integradora e interdisciplinar. In: DUARTE, Z.; FARIAS, L. A medicina na era da informação. Salvador: EDUFBA, 2009. p. 111-125.

SANTOS, J. C. S. Informação pública e participação política em rede: uma análise na governança eletrônica nos websites dos deputados do estado da Bahia. 2011. 200 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal da Bahia, Instituto de Ciência da Informação, Salvador, 2011.

SARACEVIC, T. Ciência da informação: origem, evolução e relações. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 41-62, jan./jun. 1996.

SUKA, M. et al. Relationship between health literacy, health information access, health behavior, and health status in Japanese people. Patient education and counseling, v. 98, n. 5, p. 660-668, maio 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2018v23n3p100

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional