Produção intelectual docente do Instituto de Matemática/UFRGS

Daniela Gralha de Caneda Queiroz, Ana Maria Mielniczuk de Moura

Resumo


Introdução: Esse estudo é uma pesquisa bibliométrica, cujo objetivo é avaliar a produção docente do Departamento de Estatística (DEST) e do Departamento de Matemática Pura e Aplicada (DMPA) do Instituto de Matemática (IM) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em relação aos artigos de periódicos publicados eletronicamente, entre 2007 e 2011. Objetivo: São objetivos específicos desse estudo: analisar a produção científica dos docentes no período, verificar o Qualis e a nacionalidade dos periódicos e avaliar o nível de colaboração entre os autores e as instituições. Metodologia: É um estudo bibliométrico de caráter descritivo, sob forma de levantamento, que teve suas respostas analisadas na figura de quadros, tabelas, gráficos e grafos. Resultados: Apresenta como resultados a produtividade de 177 artigos, sendo a produção do DEST (64,4%) superior a do DMPA (35,6%). Mostra que os Qualis dos periódicos analisados possuem, em sua maioria, Qualis B1 (27,11%), B2 (16,38%) e A2 (15,81%). Constata que os periódicos são em sua maioria estrangeiros (62%), em detrimento dos nacionais (38%). Conclusões: Expõe que os docentes do IM possuem elevado nível de colaboração, constituindo uma rede densa de relacionamento. Explana que há um bom nível de colaboração interinstitucional, na sua maioria com instituições nacionais. Sugerem-se novos estudos qualitativos para o encontro de respostas de questões que ficaram em aberto.

Palavras-chave


Bibliometria; Produção Docente; Periódicos; Coautoria; Colaboração Interinstitucional

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Carlos Alberto. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, Porto Alegre, v. 12, n. 1, p. 11-32, jan./jun. 2006. Semestral. Disponível em: http://revistas.univerciencia.org/index.php/revistaemquestao/article/view/3707/ 3495>. Acesso em: 13 out. 2011.

BRASIL. Decreto nº 6.096, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais - REUNI. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 24 abr. 2007. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato20072010/2007/decreto/d6096.htm>. Acesso em: 2 jul. 2012.

COSTA, Josiane Gonçalves da. A Produção Intelectual Docente do Departamento de Ciências da Informação da UFRGS: estudo bibliométrico. 2009. 115 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Curso de Especialização em Gestão de Bibliotecas Universitárias, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, UFRGS, Porto Alegre, 2009. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/18491/000730121.pdf?seque nce=>. Acesso em: 11 out. 2011.

CUNHA, Rudnei Dias da. Rudnei Dias da Cunha: depoimento em 1 de jun. 2012. Entrevistadora: Daniela Gralha de Caneda Queiroz. Porto Alegre, 2012. Anotações pessoais.

CRUZ, Fernanda. Brasil está em 14º lugar no ranking mundial de pesquisas científicas. Agência Brasil, Brasília, 17 set. 2013. Pesquisa e Opinião. Disponível em: http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2013-0917/brasil-esta-em-14%C2%BA-lugar-no-ranking-mundial-de-pesquisascientificas>. Acesso em: 22 jan. 2014.

MALTRÁS BARBA, Bruno. Los Indicadores Bibliométricos: fundamentos y aplicación al análisis de la ciencia. Gijón: Trea, 2003. 288 p.

MEADOWS, Arthur Jack. A Comunicação Científica. Trad. Antônio Agenor Briquet de Lemos. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1999. 268 p.

MENEGHINI, Rogerio. Inusitado aumento da produção científica. Folha de S. Paulo, São Paulo, 12 maio 2009. Opinião, p. A3. Disponível em: http://acervo.folha.com.br/fsp/2009/05/12/2/5325903>. Acesso em: 24 nov.

THOMAZ, Petronio Generoso; ASSAD, Renato Samy; MOREIRA, Luiz Felipe P. Uso do fator de impacto e do índice H para avaliar pesquisadores e publicações. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, São Paulo, v. 96, n.2, p. 90-93, fev. 2011. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0066782X2011000200001>. Acesso em: 3 jun. 2012.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO. Fator de Impacto, 2012. São Paulo, 2012. Disponível em: http://bc.bireme.br/f_impacto.htm>. Acesso em 3 jun. 2012.

VANZ, Samile Andréa de Souza. As Redes de Colaboração Científica no Brasil: 2004-2006. 2009. 204 f. Tese (Doutorado) - Programa de PósGraduação em Comunicação e Informação, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, UFRGS, Porto Alegre, 2009. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/17169/000711634.pdf?seque nce=1>. Acesso em: 11 out. 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2017v22n3p86

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional