Método de análise de redes sociais de informação associadas a processos organizacionais

Renato Fabiano Matheus

Resumo


Este trabalho teórico propõe um método de análise e visualização de redes sociais de informação para o diagnóstico de processos organizacionais. Parte-se da definição do modelo de rede social de informação (RSI), que tem como elementos: pessoas, documentos, sistemas e seus agrupamentos (i.e., organizações, grupos e eventos), que se relacionam por meio do fluxo de informações através de canais. Tal modelo permitiu a adoção de teorias, conceitos e fundamentações matemáticas oriundos dos estudos de análise de redes sociais (ARS), dentre os quais mereceram especial atenção os conceitos de centralidade, densidade, agrupamento e a visualização de grafos. A fim de identificar os atributos dos elementos a serem considerados no levantamento de dados de redes reais, é proposta uma classificação facetada ad hoc. Apoiando-se em tal classificação, os valores associados aos atributos dos elementos podem ser obtidos mediante entrevistas não estruturadas e semi-estruturadas, análise de documentos e de logs de sistemas de e-mail. Nas entrevistas é utilizado o método de bola de neve. Finalmente, um processo organizacional é adotado como forma de delimitar a rede estudada. Como contribuição, o trabalho propõe um método descritivo genérico para a análise da informação em organizações, juntamente com um modelo de rede elaborado, visando o uso da ARS em estudos de fluxos de informação, sob a perspectiva da Ciência da Informação.

Palavras-chave


Social networks

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2007v12n1espp170



  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional