Informação, rede e redes sociais: fundamentos e transversalidades.

Regina Maria Marteleto

Resumo


O artigo pretende explorar a noção de rede, buscando algumas pistas dos seus fundamentos histórico-conceituais, suas incidências e alianças com o conceito de informação. O objetivo é situar os modos de emprego do conceito de rede em campo de estudos com pouca densidade teórico-conceitual, como é o caso da ciência da informação. Transversal como as idéias de “informação-sistêmica” ou “informação-fluxo”, o conceito de rede convida as perguntas de pesquisa sobre a informação a se associarem a um enfoque do fenômeno onde os sujeitos coletivos são seus protagonistas centrais, ao mobilizarem redes sociais de conhecimentos. Para pensar assim, é relevante introduzir a idéia de uma “terceridade” do conhecimento, da informação e das próprias configurações das redes sociais.

Palavras-chave


Informação; conhecimento; rede; redes sociais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2007v12n1espp46



  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional