Redes sociais, conhecimento e inovação localizada.

Maria Inês Tomaél

Resumo


O processo de inovação recebe influência de seu meio, o que o torna dependente da interação social, que é preponderante para seu crescimento e solidificação. As redes sociais, estruturadas pelas interações entre atores, propiciam o compartilhamento da informação e a construção do conhecimento determinantes para o desenvolvimento de inovações. Considerando esses elementos, este estudo tem como objetivo distinguir experiências de caráter localizado da inovação e do conhecimento em um consórcio de exportação de móveis. Para tanto, a metodologia empregada foi a Análise de Redes Sociais (ARS), que mapeia as interações entre atores, enfatizando medidas e fluxos de informação entre eles. Os resultados indicam que as redes sociais permeiam o compartilhamento da informação que levam a apropriação do conhecimento e sua adaptação para distintas realidades e que esse processo ocorre entre as empresas participantes do consórcio no âmbito da gestão de processos. Tais empresas desenvolvem procedimentos similares para a inovação de gestão. Em virtude desse fato, consideramos que na rede social do consórcio a inovação de gestão é localizada.

Palavras-chave


Redes Sociais; Compartilhamento da Informação; Inovação Localizada.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2007v12n1espp63



  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional