Práticas leitoras em Minas Gerais, século XIX: bibliotecas públicas e a leitura de jornais

Flávia Silvestre Oliveira, Maria da Conceição Carvalho

Resumo


Introdução: O fim da proibição das atividades de impressão no Brasil, em 1808, provocou o aparecimento de grande número de jornais, deflagrando debates políticos e a propagação da prática de leitura informativa e literária.

Objetivo: Investigar a ocorrência de práticas de leitura em Minas Gerais, no século XIX, especialmente a leitura de jornais em bibliotecas públicas das cidades de Ouro Prêto e São João del Rey.

Metodologia: Revisão de literatura sobre História da Leitura, dialogando, sobretudo, com Darnton, Chartier, Abreu, Lajolo e Zilberman. Enquanto estudo com características de micro-história, definiu-se para a coleta de dados jornais publicados naqueles locais, no período, assim como documentos oficiais, e impressões de viajantes estrangeiros. Para a análise dos dados utilizou-se a análise documental.

Resultados: As bibliotecas públicas foram responsáveis por facilitar o acesso dos habitantes da província à prática da leitura, em especial a leitura de jornais. Através das colunas do leitor criou-se um canal de participação política e de sociabilidade entre cidadãos de diferentes cidades do país.

Conclusões: A sociedade mineira do século XIX, como já vinha acontecendo desde os movimentos da Inconfidência, fez da leitura de jornais um ato cotidiano vivido por indivíduos de diferentes classes sociais. Nas bibliotecas e sociedades literárias, como nas praças públicas, jornais e folhetos eram lidos em voz alta para proveito das pessoas mais pobres e iletradas que foram, de alguma forma, socialmente inseridas naquele momento de mudanças sociais e políticas.


Palavras-chave


Minas Gerais. História da Leitura; Século XIX; Bibliotecas Públicas; Leitura de Jornais

Texto completo:

PDF

Referências


ASTRO DE MINAS. São João Del Rey, 25 out. 1830.

ASTRO DE MINAS. São João Del Rey, n. 552, 9 jun. 1836.

ASTRO DE MINAS. São João Del Rey, n. 612, 27 out. 1831.

ASTRO DE MINAS. São João Del Rey, n. 682, 10 abr. 1832.

ASTRO DE MINAS. São João Del Rey, n. 8, 6 dez.1827.

ABREU, Márcia. Apatia, ignorância e desinteresse: uma história da leitura no Brasil? Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, v. 2, n. 1, p. 83-98, jan./jun. 2006.

CAMPOS, Maria Augusta do Amaral. A marcha da civilização nas vilas oitocentistas de São João Del Rey e São José do Rio das Mortes – 1810/1844. 1998. Dissertação (Mestrado) - FAFICH (UFMG), Belo Horizonte, 1998.

CHARTIER, Roger. Leitura e leitores na França do Antigo Regime. São Paulo: Unesp, 2004.

CHARTIER, Roger. Textos, impresso e leitura. In: HUNT, Lynn. A nova história cultural. São Paulo: Martins Fontes, 1992. p. 211-238.

DARNTON, Robert. A história da leitura. In.: BURKE, Peter (Org.) A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo: Unesp, 1992. p.199236.

LAJOLO, Marisa; ZILBERMAN, Regina. A formação da leitura no Brasil. São Paulo: Ática, 1998. 374 p.

LIVRO DA LEI MINEIRA. Lei n. 49. Regulamento n. 9. Tomo 2, part. 2, fol. n. 3, 1836.

MORAIS, Christianni Cardoso. Para o aumento da mocidade da nossa pátria: estratégias de difusão do letramento na vila de São João Del Rei (1824 - 1831). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, 2., 2002, Natal. Anais... Natal, 2002. Disponível em: http://www.sbhe.org.br/novo/congressos/cbhe2/pdfs/Tema7/0791.pdf>. Acesso em: 18 dez. 2015.

MOREIRA, Luciano da Silva. Imprensa e política: espaço público e cultura política na província de Minas Gerais, 1828-1842. 2006. Dissertação (mestrado) - Fafich/UFMG, Belo Horizonte, 2006.

MOTTA, Rosemary Toffani. Baptista Caetano de Almeida: um mecenas do projeto civilizatório em São João del-Rey no início do século XIX - a biblioteca, a imprensa e a sociedade literária. 2000. Dissertação (Mestrado) - Escola de Ciência da Informação, UFMG, Belo Horizonte, 2000.

ROBILLARD, Laryssa; RAMOS, Iris. O surgimento de Vila Rica. Disponível em: http://cidademuseu.blogspot.com.br/2008/10/osurgimento-da-vila-rica.html>. Acesso em: 18 jan. 2016.

O SUL DE MINAS. Itajubá, n. 11, 1 out. 1859.

O UNIVERSAL, Ouro Preto, 28 mar. 1831.

O UNIVERSAL. Ouro Preto, n. 18, 26 ago. 1825a.

O UNIVERSAL. Ouro Preto, n. 21, 16 set. 1825b.

O UNIVERSAL. Ouro Preto, n. 49, 7 nov. 1825c.

O UNIVERSAL. Ouro Preto, n. 5, 7 jul. 1825d.

VILLALTA, Luiz Carlos. Vida privada e colonização: o lugar da língua, da instrução e dos livros. In: SOUZA, Laura de Mello (Org.). História da vida privada no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1997. v. 1, p. 331-385.

WALSH, Robert. Notícias do Brasil –1828/1829. Belo Horizonte: Itatiaia, 1985.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2016v21n1p426

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional