Reengenharia e estresse em unidades de informação

Silas Marques de Oliveira

Resumo


A habilidade do indivíduo de lidar com estresse no trabalho tem recebido comparativamente pouca atenção pelos pesquisadores da área de ciência da informação. Uma revisão da literatura pertinente revelou apenas alguns trabalho sobre este tópico, e a maioria enfatiza os resultados negativos e as consequências psicológicas devastadoras infligidas sobre o indivíduo através de eventos estressantes. Poucos trabalhos abordam intervenções que evitariam a ocorrência de situações estressantes, o que por sua vez levaria a resultados positivos manifestados através da melhoria do desempenho e aumento da produtividade. Sendo as unidades de informação agências de prestação de serviços, a estrutura rígida, hierárquica, funcional, não condiz com a natureza de suas atividades, provocando, assim, estresse em seu corpo de pessoal. Uma reengenharia em sua estrutura
visando compatibilizá-la com sua principal função eliminará focos de tensão, evitando estresse e conseqüentemente melhorando o ambiente de trabalho propiciando, assim, um melhor aproveitamento do potencial do pessoal.

Palavras-chave


Stress; Trabalho; Unidades de Informação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.1997v2n2p59



  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional