Mercosul / Internet / Bibliotecas Públicas

Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa Santos, Márcio Balbino da Silva

Resumo


Os recentes avanços tecnológicos nas áreas de informática e da comunicação têm transformado o mundo e têm agregado valor à informação colocada à disposição de forma universalmente acessível. O acesso à informação é a maneira possível de
construção e aplicação do conhecimento, que permite e favorece aos seres humanos uma ação para o desenvolvimento de um processo democrático que vincule o crescimento econômico ao desenvolvimento social. A evolução de uma economia global, sustentada no conhecimento, exige a criação de mecanismos fortalecedores da competência e da autoridade do profissional e das instituições provedoras da informação como, por exemplo, o desenvolvimento de um Projeto de Bibliotecas Virtuais para o Mercosul, que contemple a idéia de rede (Internet) e de cidadania ativa no contexto social. A rede Internet está sendo um novo espaço público que tem como característica possibilitar a integração regional e mundial, com a vantagem do compartilhamento de recursos. As bibliotecas públicas, utilizando as novas tecnologias, de modo especial a rede Internet, poderão contribuir para a efetiva integração dos países signatários do Mercosul, ao encarar de frente os desafios da globalização. É a biblioteca o espaço público tradicional que possui como peculiaridade a internacionalização da disseminação do conhecimento, por meio da cooperação e intercâmbio da informação.

Palavras-chave


Mercosul; Internet; Biblioteca Pública

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.1996v1n2p19

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional