Indexação Social e Pensamento Dialógico: reflexões teóricas

Roger De Miranda Guedes, Maria Aparecida Moura, Eduardo José Wense Dias

Resumo


Introdução: A linguagem é o ponto de partida para o estabelecimento da interação verbal entre interlocutores, não apenas em uma situação formalizada pela escrita ou pelo cenário midiático, mas em todos os momentos em que se quer estabelecer uma ação comunicativa entre interlocutores a linguagem é a ponte que une pessoas e que permite a geração de conhecimento.

Objetivo: Apresenta reflexões teóricas acerca da indexação social, entendida como processo de representação da informação em espaços sociais semânticos da Web dotados de folksonomia.

Metodologia: Ensaio

Resultados: Utilizando o modelo dialógico para fundamentar os processos representacionais recorrentes em ambientes Web dotados de folksonomia, observa-se que o gesto comunicativo aferido pelos sujeitos atuantes nos referidos ambientes, sustentado pela linguagem (de indexação), revela a situação de diálogo instaurada entre usuários. Os fenômenos informacionais presentes nos ambientes sociais semânticos dotados de folksonomias são orientados pela dinâmica enunciativa entre sujeitos portadores de discursos, portanto, pelas relações dialógicas que ali se estabelecem.

Conclusões: As práticas de indexação nos espaços sociais semânticos dotados de folksonomias revelam o poder da linguagem como meio de interação para alcançar significados de informação nos processos de organização documentária.

Palavras-chave


Organização da informação. Indexação social. Folksonomia. World Wide Web. Estudos da linguagem. Dialogismo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2011v16n3p40

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional