Gestão documental e gestão da informação abordagens, modelos e etapas

Juliana Cardoso dos Santos

Resumo


Introdução: Os processos de Gestão Documental e Gestão da Informação possuem propósitos que visam a organicidade dos fluxos formais de informação visando a competitividade organizacional.
Objetivo: apresentar as abordagens, modelos e etapas mais citados na literatura de CI, buscando evidenciar a relevância desses processos de gestão para área e para as organizações empresariais.
Metodologia:
se trata de um estudo teórico, de natureza qualitativa, tipologicamente descritivo e exploratório.
Resultados:
a partir dar abordagens, modelos e etapas dos processos de Gestão Documental e Gestão da Informação, evidencia-se que ambos os processos são complementares e fundamentais para competitividade organizacional.
Conclusões: considera-se que os estudos contribuem e sistematizam as abordagens, modelos e etapas mais citados pela literatura da área de Ciência da Informação no que tange os processos de Gestão Documental e Gestão da Informação.


Palavras-chave


Gestão Documental; Gestão de Documentos; Gestão da Informação; Modelos de gestão

Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, D. S.; AMÉLIA, D. Arquivo e memória: uma relação indissociável. Transinformação, Campinas (SP), v.21, n.1, p.55-61, jan./abr., 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-37862009000100004&script=sci_arttext. Acesso em: 05 abr. 2021.

BERNARDES, I. P.; DELATORRE, H. Gestão documental aplicada. São Paulo: Arquivo Público do Estado de São Paulo, 2008. Disponível em: http://www.arquivoestado.sp.gov.br/site/assets/publicacao/anexo/gestao_documental_aplicada.pdf. Acesso em: 04 abr. 2021.

BEUREN, I. M. Gerenciamento da informação: um recurso estratégico no processo de gestão empresarial. São Paulo: Atlas, 2007.

BRAZ, M. I.; HOLANDA, C. M. S.; FERREIRA, M. S. O documento e os lugares de memória: protagonistas na perpetuação da memória social. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 13., 2012. Anais Eletrônico [...] Rio de Janeiro: PPGCI/FIOCRUZ; ANCIB, 2012. 18p. Disponível em: http://enancib.ibict.br/index.php/enancib/xiiienancib/paper/viewFile/3961/3084. Acesso em: 11 fev. 2021.

CÂNDIDO, C. A.; VALENTIM, M. L. P.; CONTANI, M. L. Gestão estratégica da informação: semiótica aplicada ao processo de tomada de decisão. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v.6, n.3, jun. 2005. Disponível em: http://www.dgz.org.br/jun05/Art_03.htm. Acesso em: 13 dez. 2020.

CRIVELLI, R.; BIZELLO, M. L. Patrimônio, documentos e informação. Ibersid, Zaragoza, v.6, p.173-178. 2012. Disponível em: http://www.ibersid.eu/ojs/index.php/ibersid/article/view/3990/3689. Acesso em: 5 abr. 2021.

DAVENPORT, T.; PRUSAK, L. Conhecimento empresarial: como organizações gerenciam o seu capital intelectual. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

FISCHER, S. R. História da leitura. São Paulo: UNESP Editora, 2006. 384p.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5.ed. São Paulo: Atlas, 2010.

INDOLFO, A. C. Gestão de documentos: uma renovação epistemológica no universo da arquivologia. Arquivistica.net, Rio de Janeiro, v.3, n.2, p.28-60, jul./dez. 2007. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/article/view/0000005190/685b225279ed0b370d8d0b7168f3fbf7. Acesso em: 1 abr. 2021

INDOLFO, A. C.; CAMPOS, A. M. V. C.; OLIVEIRA, M. I.; COSTA, M. M.; CAUVILLE, V. G. Gestão de documentos: conceitos e procedimentos básicos. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 1995.

KIRK, J. Information in organizations: directions for information management. Information Research, v.4, n.3, Feb. 1999. Disponível em: http://www.informationr.net/ir/4-3/paper57.html. Acesso em: 3 fev. 2021.

LE GOFF, J. História e memória. 5.ed. Campinas: UNICAMP Editora, 2003.

MINAYO, M. C. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2002.

MORENO, N. A. Gestão Documental ou gestão de documentos: trajetória histórica. In: BARTALO, L.; MORENO, N. A. Gestão em Arquivologia: abordagens múltiplas. Londrina: Eduel, 2008. p.71-88.

MURGUIA, E. I.; GRIGOLETO, M. C. O documento e seu valor patrimonial. Os processos de tombamento do museu histórico pedagógico Prudente de Morais. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 10., 2009. Anais Eletrônico [...] João Pessoa: PPGCI/UFPb; ANCIB, 2009. 19p. Disponível em:

http://enancib.ibict.br/index.php/enancib/xenancib/paper/viewFile/3313/2439. Acesso em: 1 abr. 2021.

NASCIMENTO, N. M.; MORO-CABERO, M. M., VALENTIM, M. L. P. Perspectiva brasileira do modelo Records Continuum. 2017. In: XVIII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO – ENANCIB 2017. Anais Eletrônico [...] Disponível em: http://enancib.marilia.unesp.br/index.php/XVIII_ENANCIB/ENANCIB/paper/viewFile/74/766. Acesso em: 24 mar. 2021.

PEREIRA, E. C. Metodologia para gestão da informação. Transinformação, Campinas (SP), v.15, n.3, p.303-318, set./dez. 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/tinf/v15n3/02.pdf. Acesso em: 5 abr. 2021.

RHOADS, J. B. La Funcion de la gestión de documentos y archivos en los sistemas nacionales de información: un estudio del Ramp. Paris: UNESCO, 1989.

ROUSSEAU, J. I.; COUTURE, C. Os fundamentos da disciplina arquivística. Lisboa: Dom Quixote, 1998.

SANTOS NETO, J. A.; SANTOS, J. C.; NASCIMENTO, N. M. Gestión de la información en las revistas de Brasil y Argentina: un análisis de la última década. Palabra Clave, La Plata, v.7, n.1, 2017. Disponível em: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1853-99122017000200012&lng=es&nrm=iso&tlng=es. Acesso em: 10 dez. 2020

SANTOS, J. C. dos. Memória organizacional: o valor da informação como negócio/commodity. Orientadora: Marta Lígia Pomim Valentim. 2019. 223f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências – Universidade Estadual Paulista, Marília, 2019. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/183566/santos_jc_dr_mar.pdf?sequence=3&isAllowed=y. Acesso em: 2 abr. 2021.

STEFAN, L. The three records management models. 2010. In: Slideshare, LinkedIn Corporation. Disponível em: https://www.slideshare.net/Stelucia/records-management-models-4849738. Acesso em: 24 nov. 2020.

TARAPANOFF, K. (org.). Inteligência organizacional e competitiva. Brasília: Editora UnB, 2001. 344p.

VALENTIM, M. L. P. Ambientes e fluxos de informação em contextos empresariais: o caso do setor cárnico de Salamaca/Espanha. Brazilian Journal of Information Science, Marilia (SP), v.7, n. esp., p.299-323, 2013. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/3130/2475. Acesso em: 2 abr. 2021.

VALENTIM, M. L. P. Gestão da informação e do conhecimento: especificidades e convergências. Londrina: Infohome, 2004. Disponível em: http://www.ofaj.com.br/colunas_conteudo.php?cod=88. Acesso em: 10 set. 2018.

VALENTIM, M. L. P. Informação e conhecimento em organizações complexas. In: VALENTIM, M. L. P. (org.). Gestão da informação e do conhecimento no âmbito da Ciência da Informação. São Paulo: Polis: Cultura Acadêmica, 2008, p.11-26; 268p.

VITORIANO, M. C. C. P. Políticas de preservação da memória e conhecimento organizacional: interfaces com a gestão do conhecimento. Apresentado em: 22 set. 2015. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Unesp. 28 slides.

WILSON, T. D. Information management. In: FEATHER, J.; STURGES, P. International Encyclopedia of Information and Library Science. London: Routledge, 1997. p.187-196.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-4390.2021v10n1p99

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Inf. Prof.

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2317-4390 (versão online)

DOI: 10.5433/2317-4390

infoprof@uel.br



Esta obra está licenciada com uma licença Attribution 4.0 International (CC BY 4.0)