Sistema de Organização do Conhecimento utilizado pela comunidade booktube: mapeamento dos conceitos

Admeire da Silva Santos Sundström, João Batista Ernesto de Moraes

Resumo


Introdução: A comunidade booktube corresponde a um grupo de pessoas, usualmente jovens, que compartilham na plataforma YouTube suas experiências literárias. Além disso, apresentam uma linguagem própria e características únicas no momento de falar sobre livros. Ao refletir tais circunstâncias à luz da Organização do conhecimento, se questiona: é possível caracterizar um domínio de uma comunidade digital por meio do mapeamento terminológico?
Objetivo: O objetivo deste artigo será o mapear os conceitos utilizados por essa comunidade.
Metodologia: O método utilizado é análise de domínio que considerou a seleção de 5 canais, cujo critério para escolha foi o número de seguidores. As análises foram direcionadas às palavras utilizadas para indexar os vídeos, assim, os conceitos desses termos foram extraídos de um glossário construído em torno dessa comunidade.
Resultados: Como resultado, salienta-se que a comunidade se inspira em booktubers americanos, dessa forma, os termos utilizados tem sua origem americana. Os conceitos apresentam grande importância para toda a comunidade, que mantem a comunicação por meio do uso deles.
Conclusões: Acredita-se na continuidade deste estudo, voltada para a análise de domínio instrumental, pois percebe-se um novo esquema de categorização que permite o diálogo entre análise de domínio, comunidade virtuais e a Organização do Conhecimento.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-4390.2018v7n2p04

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Inf. Prof.

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2317-4390 (versão online)

DOI: 10.5433/2317-4390

infoprof@uel.br

 


 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.