Informação e o profissional da área da museologia: uma discussão epistemológica

Emanuela Sousa Ribeiro

Resumo


Introdução: Este trabalho analisa o lugar da informação no campo da Museologia, em suas relações interdisciplinares com a Ciência da Informação.

Objetivos: Analisar as relações epistemológicas entre a Museologia e a Ciência da Informação, tendo como eixo central a Documentação em Museus.

Metodologia: Como método de pesquisa utilizou-se a revisão de bibliografia, privilegiando-se as contribuições de Pinheiro (1999, 2012), Lima (2002) e Cerávolo e Tálamo (2000).

Resultados: O conceito de informação assume um papel preponderante na construção das relações interdisciplinares, pois é a partir do seu uso que a Museologia se aproxima da Ciência da Informação, tanto nos estudos acadêmicos como na aplicação empírica e na prática profissional.

Conclusões: O conceito de informação está na base da maior parte das relações interdisciplinares entre a Museologia e a Ciência da Informação e, especialmente no âmbito da Documentação em Museus, já vem ocorrendo relações interdisciplinares entre as áreas, sinalizando um panorama de contínuo crescimento entre essas relações, apesar da necessidade de maiores estudos sobre o tema.

Palavras-chave: Interdisciplinaridade. Informação. Museologia. Ciência da Informação.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-4390.2016v5n2p122

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Inf. Prof.

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2317-4390 (versão online)

DOI: 10.5433/2317-4390

infoprof@uel.br

 


 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.