Pedagogia, Arquitetura e Biblioteconomia: processos pedagógicos para reestruturar uma biblioteca escolar

Rovilson José da Silva, Teba Silva Yllana, Felipe Martins Menck, Giovana Takahashi de Oliveira

Resumo


Introdução: As bibliotecas escolares em geral ainda não conseguiram propiciar, aos seus leitores, um espaço que possam sentir-se acolhidos física, psicológica e culturalmente, e a biblioteca do Instituto Estadual de Educação de Londrina (IEEL) não é uma exceção.

Objetivo: Disseminar as interferências realizadas na biblioteca do IEEL pela equipe do Projeto de extensão “Formação do Mediador de leitura em escola pública” no período de 2012 a 2015.

Metodologia: Os procedimentos foram construídos utilizando metodologia colaborativa multidisciplinar e tiveram a participação de docentes e discentes da UEL, direção, equipe pedagógica e atendentes de biblioteca do IEEL.

Resultados:Foram realizadas interferências na readequação espacial da biblioteca escolar associada à mediação pedagógica da leitura, visando à formação de leitores. Para tanto ocorreram inúmeras reuniões de estudo e pesquisa, discussão a respeito de biblioteca, seu espaço e suas funções, reconhecimento do espaço biblioteca no IEEL e na Biblioteca Central da UEL, construção do projeto arquitetônico confortável e aprazível.

Conclusões: As primeiras readequações espaciais da biblioteca dessa escola pública já têm surtido efeito, pois vêm atendendo às necessidades de uso desse ambiente pela comunidade escolar de forma satisfatória.

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-4390.2016v5n1p04

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Inf. Prof.

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2317-4390 (versão online)

DOI: 10.5433/2317-4390

infoprof@uel.br

 


 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.