A interação entre o bibliotecário e o leitor-ouvinte na contação de histórias

Sueli Bortolin, Vera Jussara Burghi

Resumo


Introdução: Este artigo é resultado de um trabalho de pesquisa bibliográfica, em que a Contação de histórias em biblioteca escolar é destacada como uma atividade cultural e pedagógica possível de ser desenvolvida no cotidiano da Biblioteca Escolar. 

Objetivo: Fomentar reflexões a respeito das ações que envolvem a leitura no espaço da biblioteca escolar, em especial, das narrativas de histórias realizadas pelos bibliotecários.

Metodologia: Método bibliográfico, tendo como base a literatura publicada em língua portuguesa.

Resultados: É de fundamental importância que os acadêmicos de Biblioteconomia e os bibliotecários participem de discussões acerca de práticas orais como forma de interação e acolhimento dos pequenos leitores no espaço da biblioteca.

Conclusões: Ainda há pouco envolvimento dos bibliotecários com as mais diversas narrativas, provavelmente porque a rotina de trabalho nas bibliotecas escolares ainda exige uma atuação maior desse profissional nos serviços administrativos e técnicos, ficando nas mãos dos professores a disseminação da literatura.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-4390.2014v3n1-2p213

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Inf. Prof.

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2317-4390 (versão online)

DOI: 10.5433/2317-4390

infoprof@uel.br

 


 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.