Competências profissionais do bibliotecário escolar: reflexões a partir da Lei 12.244/10

Ana Cristina de Albuquerque, Conceição Aparecida Tedesqui

Resumo


Introdução: Refere-se ao tripé Biblioteca Escolar, Competências do Bibliotecário e a lei 12.244/10 que dispõe sobre a universalização das bibliotecas escolares. Reflete a situação conflituosa da realidade da maioria das Bibliotecas Escolares e a ausência do profissional Bibliotecário.

Objetivo: Almeja analisar a importância das competências profissionais desenvolvidas pelo Bibliotecário escolar. Indaga-se qual o pensamento e visão que os profissionais de Bibliotecas escolares, Bibliotecários ou não, possuem a respeito da Lei.

Metodologia: Utilizou-se a pesquisa exploratória e descritiva e com abordagem qualitativa, no qual o instrumento de pesquisa consistiu em um questionário, aplicado aos funcionários responsáveis pelas Bibliotecas Escolares participantes da pesquisa.

Resultados: Os profissionais atuantes nas bibliotecas das instituições investigadas possuem formação superior em variados cursos, onde de 20 bibliotecas, somente 10, contam com o profissional bibliotecário. Os entrevistados em sua maioria concordam com a importância de um bibliotecário formado e que a concretização da Lei 12.244/10 deverá ser fiscalizada, pois não se encontra regulamentada.

Conclusões: Considera-se que o profissional Bibliotecário muitas vezes sofre com os conceitos generalizados por parte daqueles que desconhecem a profissão. Porém, a Lei sugere uma expectativa de melhoria, isso se aplicada e requerida pelos cidadãos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-4390.2014v3n1-2p115

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Inf. Prof.

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2317-4390 (versão online)

DOI: 10.5433/2317-4390

infoprof@uel.br

 


 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.