Competência comunicativa: uma competência administrativa para o bibliotecário universitário contemporâneo; Competência comunicativa: una competência administrativa para el bibliotecario contemporaneo

Fabiana Menezes Santos da Silva, Geni Chaves Fernandes, Clóvis Ricardo Montenegro de Lima

Resumo


Introdução: Nesta pesquisa indaga-se sobre competências administrativas que permitam aos bibliotecários gerenciarem suas bibliotecas nas atuais sociedades complexas, considerando-se que a própria Ciência Administrativa tem renovado seus aportes teóricos a fim de contemplar estruturas organizacionais mais flexíveis e participativas em seus arranjos e decisões.
Objetivo: Propor a competência comunicativa como elemento fundamental da competência administrativa de bibliotecários na contemporaneidade.
Metodologia: Revisão de literatura sobre os modos de gestão e as competências em administração de bibliotecários brasileiros e suas origens. Exame da literatura das alternativas administrativas, baseadas nas teorias de Habermas e Luhmann, que pretendem contemplar modos de gestão em sociedades complexas.
Resultados: Identificam-se limitações nas competências administrativas dos bibliotecários, ainda muito alicerçadas na emergência das bibliotecas públicas do século XIX, quando a formação de bibliotecários tomou o caminho de um saber técnico para o tratamento documental, que hoje precariza suas habilidades administrativas. Dentre as habilidades administrativas para re-configurar bibliotecas contemporâneas se destaca, como um primeiro resultado desta pesquisa, a competência comunicacional, própria de uma Administração Discursiva, capaz de abrir espaços argumentativos para uma reconstrução racional e consensual de modelo de biblioteca próprio às sociedades complexas.
Conclusões: Os esforços para garantir competência administrativa do bibliotecário devem incluir sua competência comunicativa como habilidade indispensável para formulação de novos modelos de bibliotecas em sociedades complexas.


Palavras-chave


Competência administrativa; Competência comunicativa. Formação do bibliotecário; Jürgen Habermas; Niklas Luhmann

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de. Profissional da informação: entre o espírito e a produção. In: VALENTIM, Marta Lígia Pomim (Org.). Profissionais da informação: formação, perfil e atuação profissional. São Paulo: Polis, 2000.

BOLZAN, José. Habermas: razão e racionalização. Ijuí: Ed.Unijuí, 2005.

BOUFLEUER, José Pedro. Pedagogia da ação comunicativa: uma leitura de Habermas. 3. ed. Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 2001.

CARVALHO, Lidiane dos Santos. Informação e comunicação na administração das bibliotecas universitárias: entre as metáforas de Morgan e a visão de Luhmann. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 17., 2012, Gramado. Anais... Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2012. Disponível em: http://www.snbu2012.com.br/anais/pdf/4REY.pdf. Acesso em: 29 abr. 2013.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. 5. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2001. DIB, Simone Flaury. Administração discursiva nas bibliotecas universitárias brasileiras. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência d Tecnologia, Rio de Janeiro, 2013.

GALLARDO, José Adolgo Rodrígues. Formação humanística del bibliotecnólogo: hacia su recuperación. México: UNAM, 2001.

GONZÁLEZ DE GÓMEZ, Maria Nélida. A universidade e a “sociedade da informação”. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 9, n. 1, p. 225-242, jul./dez. 2011.

HABERMAS, Jurgen. Consciência moral e agir comunicativo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

KUNZLER, Caroline de Morais. Teoria dos sistemas de Niklas Luhmann. Estudos de Sociologia, Araraquara, v. 9, n. 16, p. 123-136, 2004.

LEAL, Janaina. Reengenharia em bibliotecas. Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação, Campinas, v. 8, n. 1, p. 12-20, jul./dez. 2010. Disponível em: http://www.brapci.ufpr.br/documento.php?dd0=0000009043&dd1=2920a. Acesso em: 23 nov. 2012.

LIMA, Clóvis Ricardo Montenegro de; CARVALHO, Lidiane; LIMA, José Rodolfo Tenório. Notas para uma administração discursiva das organizações. DataGramaZero - Revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 6, dez. 2010.

LIMA, Clóvis Ricardo Montenegro; CARVALHO, Lidiane dos Santos. Informação, comunicação e inovação: gestão da informação para a inovação em uma organização complexa. Informação & Informação, Londrina, v. 14, n. 2, p. 1-2, jul./dez., 2009. Disponível em: http://www.brapci.ufpr.br/documento.php?dd0=0000009043&dd1=2920a. Acesso em: 25 abr. 2013.

LIMA, Clóvis Ricardo Montenegro; LIMA, José Rodolfo Tenório; MOREIRA, Fernanda Kempner. Problematização e racionalização dos processos produtivos em organizações. Revista de Gestão da Tecnologia e Sistemas de Informação, São Paulo, v. 7, n. 3, p. 667-690, 2010.

LUHMANN, Niklas. Introdução à teoria de sistemas. Petrópolis: Vozes, 2010. MIKSA, Francis. Melvil Dewey and the corporate ideal. In: STEVENSON, G. KREMERGREENER, J. (Org.). Melvil Dewey: the men and the classification. Albany: Forest Press, 1983. p. 49-100.

PRESTES, Nadja Hermann. Educação e racionalidade: conexões e possibilidades de uma razão comunicativa na escola. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1996. (Filosofia, 36).

SILVA, Fátima Santana da. Administração de bibliotecas em instituições privadas de ensino superior: uma abordagem discursiva a partir das novas demandas de acesso e uso da informação. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência da informação) – Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia;Escola de Comunicação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.

TARGINO, Maria das Graças. A biblioteca do século XXI: novos paradigmas ou meras expectativas? Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 20, n. 1, p. 39-48, jan./abr. 2010.

VIZEU, Fabio. Ação comunicativa e estudos organizacionais. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 45, n. 4, p. 10-21, out./dez. 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-4390.2013v2n2p119

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Inf. Prof.

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2317-4390 (versão online)

DOI: 10.5433/2317-4390

infoprof@uel.br



Esta obra está licenciada com uma licença Attribution 4.0 International (CC BY 4.0)