A imprensa escrita como afirmação do discurso docente: práticas para o ensino de História

Regina Beatriz Guimarães Neto, Jonathas Duarte Oliveira de Souza

Resumo


Este trabalho discute a utilidade de jornais impressos para o ensino da história sobre a Ditadura Militar (1964-1985). Sem procurar se constituir um manual delimitado de técnicas, faz uma breve apreciação da prática docente para o ensino de História e debate o atual modelo, considerado relativamente pobre de atributos que caracterizam o regime de 1964 como uma ditadura. Reflete a dimensão de fontes históricas para o ensino de história, atrelada à interpretação dos textos em perspectiva multidisciplinar, utilizando neste o Jornal do Brasil (RJ). Assim, inspirando-nos em Foucault (1996), procuramos analisar algumas matérias da imprensa que podem ser utilizadas na escola, a fim de desnaturalizar discursos que se multiplicam a partir de lugares institucionais que se dizem neutros.


Palavras-chave


Ensino de História; Imprensa escrita; Análise do discurso; Ditadura Militar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2019v25n2p13

Apontamentos

  • Não há apontamentos.