Sob o falso prestígio do maravilhoso: o ensino de história nos pareceres da Instrução Pública de 1883

Ane Luise Silva Mecenas Santos, Cristiano Ferronato

Resumo


O escopo deste artigo é a análise da proposta de história ensinada a partir do parecer do projeto da reforma da instrução pública primária de 1882. O documento é um importante testemunho acerca dos embates sobre a renovação da instrução pública brasileira no último decênio do Império do Brasil, bem como de uma cultura política educacional de perspectiva liberal. Pautado no referido documento, ambiciona-se problematizar a concepção de história defendida pelos intelectuais que elaboraram o documento e o entendimento atinente ao lugar da disciplina história no âmbito da formação do cidadão brasileiro.


Palavras-chave


ensino de História; Rui Barbosa; instrução pública; história da Educação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2019v25n2p115

Apontamentos

  • Não há apontamentos.