O ensino de História Antiga em debate: educação com pluralidade ou tradicionalismo acadêmico?

Matheus Vargas de Souza

Resumo


Este trabalho tem por objetivo problematizar o debate acerca do ensino de História Antiga na Educação Básica, seja nas tentativas de reduzi-lo, seja em sua defesa, na medida em que se faz necessária uma busca por um denominador comum entre a democratização do conhecimento e a dimensão ideológica que um conteúdo contém. O objetivo central é o de permitir ao aluno uma melhor compreensão do mundo a partir de uma educação com pluralidade de conhecimentos, mas evitando a noção de conteúdos “universalmente indispensáveis” em detrimento de uma análise verdadeiramente profunda sobre os usos feitos do passado, e no caso do ensino de História, os usos feitos do passado no próprio passado.

Palavras-chave


Ensino de História; História Antiga; BNCC

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2019v25n1p571

Apontamentos

  • Não há apontamentos.