A aula-oficina como campo metodológico para a formação de professores em História: um estudo sobre o PIBID/História/UEL

Marlene Rosa Cainelli, Elizabete Cristina de Souza Tomazini

Resumo


Nossa investigação foi realizada a partir de relatórios e entrevistas com pibidianos que atuaram nos anos de 2011 e 2012 no curso de História da Universidade Estadual de Londrina. Os pibidianos revelaram como acreditavam na possibilidade de exercer a docência a partir dos pressupostos da Educação Histórica, em especial, o modelo de aula-oficina. Neste artigo apresentamos as discussões sobre a utilização da aula oficina nas experiências do PIBID e posteriormente em sala de aula a partir das entrevistas realizadas com os pibidianos que agora são professores da educação básica. Pesquisadores deste campo teórico, como Barca (2001a;2011), defendem que devemos ter um olhar atento sobre a formação inicial ofertada aos graduandos. Este artigo procura trazer contribuições para as reflexões sobre a formação inicial de professores de História, no sentido de entender que é necessário integrar os conhecimentos teóricos e práticos nos currículos dos cursos de licenciatura.

Palavras chaves:  educação histórica, aula-oficina, formação de professores, PIBID.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2017v23n2p11

Apontamentos

  • Não há apontamentos.