Aprendizagem histórica e cultura histórica: Contributos para investigações sobre o lugar da intersubjetividade na formação histórica.

Rafael Reinaldo Freitas

Resumo


No presente texto, a proposta é analisar os conceitos de cultura histórica, consciência histórica e sua complexa relação quando pensando a aprendizagem histórica, além de apontar suas contribuições para investigações que busquem entender o envolvimento do sujeito aprendiz com artefatos culturais portadores de discurso histórico. Tais reflexões são pautadas no âmbito das pesquisas sobre ensino e aprendizagem da história a partir dos estudos da Educação Histórica sob a conceptualização da aprendizagem histórica extraídas do filosofo da história Jörn Rüsen. Neste sentido, a partir das contribuições sobre a intersubjetividade e verdade trazida por Marcelo Fronza e da problematização do lugar do sentimento e da razão conforme Bodo V. Borries, a didática da história alemã surge como campo de investigação que possibilita profícuos debates na problematização do envolvimento sujeito, artefatos culturais e conhecimento histórico no entrelaço entre consciência histórica e cultura histórica.

 


Palavras-chave


Aprendizagem histórica – cultura histórica – intersubjetividade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2016v22n2p247

Apontamentos

  • Não há apontamentos.