A formação do docente em história como profissional do magistério da educação básica

Crislane Azevedo

Resumo


Neste texto discorremos sobre o desafio da formação de professores de História à luz das novas diretrizes curriculares nacionais para a formação inicial e continuada dos profissionais do magistério da Educação Básica e discutimos sobre possíveis encaminhamentos de propostas tendo em vista o repensar da organização e prática curricular dos cursos de formação docente inicial de História. Vivenciamos um período de discussões e levantamento de proposições tendo em vista reformas nos cursos de licenciatura. Professores formadores precisarão dedicar-se a um trabalho coletivo de revisões e encaminhamentos de reforma considerando as orientações das novas diretrizes curriculares para a formação de professores, aprovadas em junho de 2015 pelo Conselho Nacional de Educação. Tais encaminhamentos podem ser desenvolvidos de forma articulada tanto por meio da diversificação curricular das atividades do âmbito do ensino, quanto com o planejamento e institucionalização de ações de iniciação à pesquisa bem como de curricularização da extensão.


Palavras-chave


Docência em História. Diretrizes Curriculares Nacionais. Ensino, pesquisa e extensão.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2015v21n2p55

Apontamentos

  • Não há apontamentos.