As possibilidades da literatura infantil/juvenil no processo de aprendizagem histórica

Ana Beatriz Accorsi Thomson

Resumo


Essa pesquisa tem como objetivo geral estabelecer considerações acerca da utilização dos paradidáticos no ensino de história e analisar como os professores se relacionam e entendem tais materiais. Nesse sentido, buscamos inicialmente nesse artigo investigar o contexto de surgimento da literatura infantil/juvenil e dos materiais paradidáticos voltados ao ensino de história. Buscamos analisar também as tendências mais atuais dos materiais literários voltados ao público jovem, verificando as possibilidades de articulação com um ensino de história mais significativo e preocupado com a alteridade. Consideramos importante verificar a hipótese de que a utilização desse tipo de material possa expandir os conteúdos que normalmente são abordados pelos professores no ensino de história, podendo representar também um incentivo à formação do aluno-leitor. Assim, concordamos com as propostas teórico-metodológicas do campo da Educação Histórica, que têm buscado analisar e compreender as diversas práticas em sala aula, as relações entre professores e alunos, a construção do conhecimento histórico, das narrativas e, também, como os materiais didáticos e paradidáticos se articulam ao processo de aprendizagem.

Palavras-chave


Literatura; Ensino de história; Paradidáticos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2016v22n2p263

Apontamentos

  • Não há apontamentos.