A Universidade, o Museu e a Escola: o ensino de História e o viés extensionista

Érika Oliveira Amorim, Luciana do Carmo Narciso, Thaise Oliveira Paula

Resumo


O presente texto aborda as especificidades de um projeto de extensão universitária que envolveu estudantes de graduação dos cursos de História e Turismo da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), unidade Carangola, e que foi desenvolvido em dois momentos distintos. No primeiro momento realizou-se uma oficina sobre Memória, História e Patrimônio Histórico com alunos do 9º ano da E. E. João Belo de Oliveira. No segundo momento os alunos visitaram o Museu de Carangola, assessorados pelas acadêmicas, com o intuito de problematizar a noção de memória e patrimônio histórico. A observação simples foi a ferramenta utilizada durante as ações do projeto e os registros se concretizaram por meio de fotografias, filmagens e cadernos de campo. Observou-se que ao pensar o ensino de história a partir das relações que os indivíduos têm com a história materializada no acervo do museu abre-se um campo de possibilidades sobre o sentido de estudar História.


Palavras-chave


Educação patrimonial, museu, patrimônio, memória, ensino de História.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2019v25n1p373

Apontamentos

  • Não há apontamentos.