Música e cultura escolar: escuta individualizada, inexpressão corporal e cultura do silêncio

Milton Joeri Fernandes Duarte

Resumo


O presente artigo pretende estabelecer alguns pontos de reflexão sobre a relação entre música e cultura escolar a partir das observações ligadas às atividades de campo envolvendo seus agentes no processo de aprendizagem, mediado pela linguagem musical. A cultura escolar foi observada a partir de três aspectos: a escuta individualizada, a inexpressão corporal e a preservação da cultura do silêncio, fazem parte da cultura escolar dessa escola.  Esses elementos demonstraram que as práticas pedagógicas individuais ou coletivas mediadas pela música são válidas como elementos motivadores para uma nova postura da comunidade em relação ao processo de ensino-aprendizagem e interferem positivamente na cultura escolar, mas isso não assegura a sua transformação, pois a utilização da linguagem musical, neste caso, apenas estabeleceu estratégias e perspectivas de transformação, mas não garantiu de forma objetiva as condutas regulares da comunidade escolar que alterariam o habitus da cultura escolar.


Palavras-chave


Cultura escolar; Linguagem musical e conhecimento histórico.

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMAN, Z. A sociedade individualizada. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

BOURDIEU, P. O poder simbólico. 4 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

BOURDIEU, P. A economia das trocas simbólicas. 5 ed. São Paulo: Perspectiva, 2003.

BRANDÃO, A. C.; DUARTE, M. F. Movimentos Culturais de Juventude. São Paulo: Moderna, 1990.

FORQUIN, J-C. Saberes escolares, imperativos didáticos e dinâmicas sociais. Teoria e Educação. Porto Alegre: Pannonica, n. 5, 1992.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir. História da violência nas prisões. 5 ed. Rio de Janeiro. Petrópolis: Vozes, 1987.

GODINHO, J. C. O corpo na aprendizagem e na representação mental. In: ILARI, B. S. (Org.). Em busca da mente musical: ensaios sobre os processos cognitivos em música: da percepção à produção. Curitiba: UFPR, 2006.

SNYDERS, G. A escola pode ensinar as alegrias da música? 3. ed. São Paulo: Cortez, 1997.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2013v19n2p23

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br