Propostas de ensino da história e expectativas de aprendizagem na reorientação curricular em São Paulo

André Luiz Paulilo

Resumo


O artigo discute aspectos da política curricular para o ensino de história em São Paulo. Analisa as recomendações governamentais sobre o ensino da história em escolas públicas. O autor percebe nas políticas governamentais uma orientação centralizadora nas decisões sobre diretrizes curriculares, conteúdos dos estudos e avaliações. Neste artigo procurei analisar, de um ponto de vista crítico, as representações acerca do magistério da história presente na política de reorientação curricular das secretarias de educação do Estado de São Paulo e da sua capital. No transcurso da investigação, as evidências registram um ordenamento e hierarquização da autoridade e das competências educacionais.

 


Palavras-chave


Ensino de história. Política curricular. Prática docente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2012v18n2p07

Apontamentos

  • Não há apontamentos.