Andanças pela Rua Sergipe

Kenya Vieira de Souza e Silva, Vanessa Duarte, Carolina Rodrigues de Carvalho, Sirlei Borrasca de Brito

Resumo


O ensino e a aprendizagem da história nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental estabelece interface direta com a Educação Patrimonial. Os professores, em seu cotidiano, desenvolvem diversos trabalhos a partir de diferentes concepções do que venha a ser Patrimônio Histórico com intuito de fomentar nos alunos a relação com o passado, com a memória e com a ideia de preservação. Utilizando materiais produzidos no Projeto Educação Patrimonial (2005 – 2011), vinculado ao Projeto PROMIC – Programa Municipal de Incentivo à Cultura, analisamos o processo de aprendizagem dos alunos de uma escola municipal na cidade de Londrina e intentamos apresentar  possibilidades para um trabalho interdisciplinar. Esse texto divide-se em três partes: na primeira apresentamos os referenciais teóricos que balizam nosso conceito de Patrimônio Histórico e Educação Patrimonial. Na segunda discorremos sobre o que significa ensinar e aprender História considerando o Patrimônio Histórico da cidade como fonte para investigação. Na terceira apresentamos o trabalho desenvolvido na escola analisando-o na perspectiva de mapear as potencialidades apresentadas quanto à construção de conhecimento por parte de alunos e professores. O desenvolvimento desse trabalho inclui-se nas ações do PIBID/UEL/Pedagogia e conta com o apoio financeiro da CAPES.


Palavras-chave


Ensino de História; Patrimônio Histórico; Memória; Cotidiano Escolar.

Texto completo:

PDF

Referências


BARROSO, V L. M. Educação Patrimonial e ensino de história: registros, vivências e proposições. In: BARROSO, V. L. M. et al. Ensino de história: desafios contemporâneos. Porto Alegre: Exclamação: ANUPUH, 2010. p.15- 24.

HORTA, M. L. P.; GRUNBERG, E.; MONTEIRO, A. Q. Guia Básico de Educação Patrimonial. Brasília: Museu Imperial/ IPANH/ Minc, 1999.

COOPER, H. Aprendendo e ensinando sobre o passado a crianças de três a oito anos. Educar, Curitiba, Especial, p.171-190, 2006.

LAHIRE, B. Sucesso escolar nos meios populares: as razões do improvável. São Paulo: Ed. Ática. 1995.

LEMOS, C. A. C. O que é Patrimônio Histórico. 5 ed. São Paulo: Editora Brasiliense. 1987.

MACHADO, M. B. P.; MONTEIRO, K. M. N. Patrimônio, identidade e cidadania: reflexões sobre Educação Patrimonial. In: BARROSO, V. L. M. et al. Ensino de história: desafios contemporâneos. Porto Alegre: Exclamação: ANUPUH, 2010. p.25-37.

MOREIRA, M A. Aprendizagem significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Moraes, 1942.

OLIVEIRA, A. F. B. de. Patrimônio, memória e ensino de história. In: OLIVEIRA, M. D.; CAINELLI, M. R.; OLIVEIRA, A. F. B. Ensino de História: múltiplos ensinos em múltiplos espaços. Natal: EDFURN. 2008. p. 96-101.

OLIVEIRA, S. R. F de. História. In: GUSSO, A. M. et al. Ensino fundamental de nove anos: orientações pedagógicas para os anos iniciais. 2010. p. 119-134.

ZANON, E. R; MAGALHÃES, L. H. BRANCO, P. M. C. Educação Patrimonial: da teoria à prática. Londrina: Ed. UNIFIL, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2012v18nespp157

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br