O uso de HQ para o ensino de conceitos históricos de segunda ordem

Brayan Lee Thompsom Ávila, Anne Isabelle Vituri Berbert

Resumo


O presente artigo apresenta os resultados da Aula-Oficina (BARCA, 2004) realizada pelo PIBID História da Universidade Estadual de Londrina, nos Colégios Gabriel Martins e Tsuru Guido e, cuja temática é a utilização de histórias em quadrinhos no ensino de conceitos históricos para alunos do 6º ano. No ensino fundamental conceitos como "representação" e "fonte histórica", considerados como conceitos de segunda ordem (LEE, 2001),  não são diretamente trabalhados com os alunos, esses vocábulos são empregados para explicar conceitos substantivos (como "império", "revolução", "república"), mas não são trabalhadas suas definições. Nossa proposta foi trabalhar alguns conceitos de segunda ordem diretamente, utilizando para isso as histórias em quadrinhos de Abert Uderzo e René Goscinny "Asterix e Obelix" e partindo das pesquisas de LANGER (2006) e NOGUEIRA (2009) a respeito do uso de HQs no ensino de conceitos históricos. A discussão entorno deste tema feita pelos autores supracitados sugere que o uso de historias em quadrinhos mantem a atenção das crianças por mais tempo que outras mídias - como filmes – sendo em nosso entendimento apropriado para o ensino de conceitos de segunda ordem, bem como serve para exemplificar como o contexto de produção de uma obra influência a forma como os autores abordam o conteúdo expostas pela mesma. Nossa Aula-Oficina incluiu um estudo exploratório e a elaboração por parte dos alunos de histórias em quadrinhos.


Palavras-chave


Educação Histórica; Conceitos de segunda ordem> História em Quadrinhos docência. Aula- oficina.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2012v18nespp07

Apontamentos

  • Não há apontamentos.