A “hora da história”: memórias e possibilidades no currículo da escola multisseriada (Novo Hamburgo/RS – 1952/1969)

José Edimar de Souza

Resumo


O estudo objetiva desdobrar fatos em torno da trajetória de uma professora cuja docência acorreu na área rural de Novo Hamburgo/RS, entre 1940-1969. Pretende, pois, analisar a trajetória entrelaçada à prática docente em classes multisseriadas e compreender fragmentos do ensino rural neste município, principalmente, a partir do primeiro programa curricular da Rede Municipal de Ensino (1952). A pesquisa, de natureza qualitativa, utiliza metodologia da História Oral valendo-se de entrevistas semi-estruturadas. O referencial teórico fundamenta-se na perspectiva da História Cultural, tendo as memórias como documento. As memórias desta professora permitiram conhecer um pouco sobre os primórdios da escola pública em Lomba Grande, bem como as possibilidades construídas e apropriadas no exercício docente, como a “Hora da História”.

 


Palavras-chave


Programa Curricular. Trajetória docente. Memória.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2012v18n2p103

Apontamentos

  • Não há apontamentos.