O 7 De Setembro Em Mandaguaçu (PR): a construção de um novo conceito de festa da pátria

Reginaldo Dias

Resumo


Em 1997, o poder público municipal de Mandaguaçu (PR) resolveu implementar um projeto de "reinvenção" do desfile de 7de setembro. O presente artigo analisa em que medida houve rupturas e conservadorismo nessa solenidade da festa da pátria, no que se refere ao tratamento de temas históricos e à estrutura do próprio desfile.


Palavras-chave


Festa cívica; Desfile de 7 de setembro; Mandaguaçu.

Texto completo:

PDF

Referências


BITTENCOURT, C. As tradições nacionais e o ritual das festas cívicas. In: PINSKY, J. (org.). O ensino de história e a criação do fato. São Paulo: Contexto, 1988.

DA MATTA, R. O que faz o Brasil, Brasil? Rio de Janeiro: Rocco, 1986.

FONSECA, S. Caminhos da história ensinada. Campinas: Papirus, 1995.

FURET, F. A oficina da história. Lisboa: Gradiva, [19--].

NADAI, E. O ensino de história e a "pedagogia do cidadão". In: PTNSKY, J. (org.). O ensino de história e a criação do fato. São Paulo: Contexto, 1988.

OMURO, S. T. Os desfiles e o ensino de história. In: BITTENCOURT, C. (org.). II encontro Perspectivas do ensino de hístóría". São Paulo: FEUSp, 1996.

PINSKY, J. Nação e ensino de história no Brasil. In: PINSKY, J. (org.). O ensino de história e a criação do fato. São Paulo: Contexto, 1988.

PARANÁ. Secretaria da Educação. Departamento de Ensino de Primeiro Grau. Currículo Básico para a escola pública do Paraná. Curitiba: Imprensa Oficial, 1990

VESENTINI, C. A. Escola e o livro didático de história. In: SILVA, M. A. (org.). Repensando a história. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1984.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2002v8n0p231

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Hist. Ensino
E-Issn: 2238-3018
DOI10.5433/2238-3018
E-mail: labhis@uel.br