Escrever e pensar historicamente: recursos cognitivos envolvidos com a produção textual

Maria Lima

Resumo


Parece evidente que a língua escrita apóia o desenvolvimento do pensamento em geral, e do pensamento histórico em particular. No entanto, pouco se têm explorado as características que envolvem as situações de produção textual e sua relação com o desenvolvimento do pensamento histórico. A partir da análise de três diferentes versões da produção de um estudante pública na cidade de São Paulo, apresento a análise de alguns indícios que me permitem exemplificar o intenso processo reflexivo pelo qual o estudante passa ao produzir um texto e de que forma esse processo não diz respeito apenas à atuação sobre a língua escrita enquanto técnica, mas enquanto atividade discursiva complexa e marcada por processos reflexivos constantes que produzem e transformam o dizer e o pensamento histórico.

Palavras-chave


Pensamento histórico; Língua escrita; Processo cognitivo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2009v15n0p159

Apontamentos

  • Não há apontamentos.