Da colônia à reforma Francisco Campos (1931): análise histórica do ensino secundário no Brasil

Pedro Ernesto Fagundes

Resumo


Este trabalho estuda a trajetória histórica do ensino secundário no Brasil, especialmente, durante o período em que esteve em vigor a Reforma Francisco Campos, entre os anos de 1931 e 1942. A administração Vargas é um marco no sentido de ter criado o inédito Ministério da Educação e Saúde (MES), órgão que assumiu e desenvolveu suas ações no sentido de centralizar as questões educacionais do país. 


Palavras-chave


História da Educação. Reforma Francisco Campos. Ensino secundário.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2011v17n2p327

Apontamentos

  • Não há apontamentos.