As crônicas coloniais no ensino de história da América

Susane Rodrigues de Oliveira

Resumo


Este artigo discute os limites e possibilidades no uso das crônicas coloniais como materiais didáticos para o ensino de história da América na educação básica. Trata-se especialmente de crônicas em língua espanhola, escritas nos séculos XVI e XVII, sobre a natureza, os povos indígenas e o processo de conquista e colonização européia da América. Com o objetivo de contribuir na educação escolar para a cidadania crítica, as orientações pedagógicas traçadas neste artigo se baseiam no estudo das representações sociais, das condições de produção dos discursos e nas propostas dos PCNs para o trabalho com eixos temáticos e documentos históricos em sala de aula.

 


Palavras-chave


Representações. Crônicas. Indígenas. Materiais didáticos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2238-3018.2011v17n2p235

Apontamentos

  • Não há apontamentos.