A AULA DE CAMPO EM GEOGRAFIA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA ESCOLA

Joel Maciel Pereira Cordeiro, Aldo Gonçalves de Oliveira

Resumo


O presente artigo discute as contribuições das aulas de campo como metodologia de ensino no que se refere às possibilidades da mesma para a educação geográfica na escola. A aula de campo constitui um importante elemento para o desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem, permitindo ir além da simples exposição mecânica dos conteúdos em sala de aula ao possibilitar a compreensão de uma realidade complexa a partir de um dado palpável, além de contribuir para enriquecer a disciplina de Geografia e dinamizar o trabalho do professor. Experiências pessoais obtidas durante práticas de aulas de campo justificam a elaboração deste trabalho, em que pretende-se desenvolver uma discussão sobre os aspectos favorecedores ao ensino da Geografia proporcionados a partir da utilização destas atividades. Por meio dos resultados de pesquisa desenvolvida com alunos do 6º ano do ensino fundamental da escola municipal “Ulisses Maurício de Pontes” em Sertãozinho, no estado da Paraíba e do posicionamento de diferentes autores, procurou-se distinguir os pontos básicos necessários ao reconhecimento da aula de campo como um elemento importante para valorizar o ensino da Geografia, sobretudo por meio do conhecimento do meio onde o aluno está inserido.

Palavras-chave


Ensino da Geografia; Metodologias de ensino; Aula de campo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2011v20n2p99

Direitos autorais 2012 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com