Problemas culturais relacionados à deposição dos resíduos sólidos urbanos no município de Astorga, PR

Vivian Domingues Alves Centenaro, Angelo Spoladore

Resumo


O advento da industrialização trouxe desenvolvimento sócio-econômico, concentração populacional urbana e um salto na produção em série de bens de consumo. Esse período de transformação pelo qual o mundo passou, fez com que as cidades crescessem num ritmo acelerado e as pessoas, fossem incentivadas a consumir cada vez mais. Com isso, os problemas sociais e ambientais foram inevitáveis. A geração e descarte de resíduos urbanos tiveram tamanho impulso nesse período que, hoje, são vistas pelo menos no Brasil, como um dos maiores problemas ambientais enfrentados, cotidianamente, pelos municípios. Desta forma, este artigo procura a partir de uma constatação empírica caracterizar os resíduos urbanos abandonados, com freqüência, em uma estrada rural do município de Astorga

Palavras-chave


Resíduos Urbanos, Estrada Rural, Consumismo, Educação Ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2004v13n1p91

Direitos autorais 2010 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com