Mapeamento de riscos ambientais à escorregamentos na área urbana de Juiz de Fora, MG.

Geraldo César Rocha, Marcelo de Oliveira Latuf, Lúcio Flávio Zancanela do Carmo

Resumo


Juiz de Fora, cidade pólo da Zona da Mata Mineira, apresenta vários problemas de ordem ambiental, sendo um dos principais deles os escorregamentos ou movimentos de massa, provocados principalmente pela frágil estruturação física da região, desmatamento e ocupação irregular. O presente trabalho visou a elaboração de cartogramas digitais do meio físico, criando uma base de dados georreferenciada do município. A meto­dologia consistiu em reordenar mapas pré-existentes em várias escalas, para uma única escala, 1:100.000, sendo criados seis cartogramas digitais: Litologia, Intensidade de Lineamentos Estruturais, Declividade, Drenagem, Densidade Populacional e Expansão Populacional. Como ferramenta foi utilizado o Sistema de Análise Geo-Ambiental (SAGA/UFRJ), Sistema Geográfico de Informação utilizado no Laboratório de Geoprocessamento Aplicado da Universidade Federal de Juiz de Fora. Como resultado do cruzamento dos planos de informação obtidos nos cartogramas foi elaborado o Mapa de Riscos à Escorregamento na Área Urbana de Juiz de Fora, contendo as classes de baixíssimo, baixo, médio, alto e altíssimo risco. Este mape­amento torna-se um referencial para que a população tome consciência dos riscos a que está exposta e para os órgãos gestores do município, tais como Defesa Civil e Secretarias de Planejamento e Meio Ambiente.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2003v12n1p509

Direitos autorais 2010 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com