Uma Análise das Lives como Ferramentas de Divulgação de Conhecimento Científico em Tempos de Pandemia de COVID-19: o exemplo do Projeto Enfurnados e Informados

Henrique Simão Pontes, Laís Luana Massuqueto

Resumo


O presente artigo faz uma análise do projeto Enfurnados e Informados, uma série de lives do Grupo Universitário de Pesquisas Espeleológicas (GUPE). Com os dados coletados em formulários online, contendo perguntas abertas e fechadas, e dados estatísticos gerados pela plataforma YouTube, avaliou-se o impacto do projeto na disseminação de conhecimento científico e divulgação do patrimônio espeleológico. Foram realizadas 14lives que abordaram diferentes temáticas relacionadas à espeleologia. Os resultados mostram que a maioria do público participante é feminino, composto principalmente por discentes com graduação incompleta e mais de 60% não pratica espeleologia. Quase que a totalidade dos participantes consideraram que as lives contribuíram de alguma forma em sua vida durante o isolamento social por conta da COVID-19 e que o projeto proporcionou a disseminação de conhecimento e informações. A partir das experiências vividas durante a realização do Enfurnados e Informados e dos apontamentos indicados nos formulários de pesquisa, conclui-se que o objetivo principal do projeto foi atendido. Os ambientes virtuais são importantes ferramentas de comunicação, aprendizagem e divulgação de conhecimento científico. Contudo, devido às desigualdades sociais, é preciso cautela na utilização dessas ferramentas, sobretudo nos ambientes formais de ensino, a fim de garantir a inclusão social.

Palavras-chave


Educação geocientífica; Ambientes virtuais; Espeleologia.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Lília Bilati de et al. O retrato da exclusão digital na sociedade brasileira. Revista de Gestão da Tecnologia e Sistemas de Informação, São Paulo, v. 2, n. 1, p. 55-67, 2005.

BARTMEYER, Susana Maria; SALLES FILHO, Nei Alberto. O direito humano das mulheres à educação e a pandemia da COVID-19: uma análise da sobrecarga das estudantes da UEPG. Revista Científica Educ@ção, Miracatu, v. 4, n. 8, p. 1043-1060, 2020.

BATISTA, Jaqueline Brito Vidal et al. Transtornos mentais em professores universitários: estudo em um serviço de perícia médica mental. Revista de Pesquisa (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Online), Rio de Janeiro, v. 8, n. 2, p. 4538-4548, 2016.

BITTENCOURT, Renato Nunes. Pandemia, isolamento social e colapso global. Revista Espaço Acadêmico, Maringá, v. 19, n. 221, p. 168-178, 2020.

BROOKS, Samantha Kelly et al. The psychological impact of quarantine and how to reduce it: rapid review of the evidence. The Lancet, London, v. 395, n. 10227, p. 912-920, 2020.

COUTO, Edvaldo Souza; COUTO, Edilece Souza; CRUZ, Ingrid de Magalhães Porto. #fiqueemcasa: educação na pandemia da COVID-19. Interfaces Científicas-Educação, Aracaju, v. 8, n. 3, p. 200-217, 2020.

CRODA, Julio Henrique Rosa; GARCIA, Leila Posenato. Resposta imediata da vigilância em saúde à epidemia da COVID-19. Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, v. 29, n. 1, p. 1-3, 2020.

CRUZ, Eleciania Tavares da et al. Pode-se falar em invisibilidade feminina na espeleologia? Reflexões acerca das contribuições da mulher no processo histórico da espeleologia. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ESPELEOLOGIA, 35., 2019. Bonito. Anais [...]. Campinas: SBE, 2019. p. 412-421. Disponível em: http://www.cavernas.org.br/anais35cbe/35cbe_412-421.pdf. Acesso em: 18 nov. 2020.

CRUZ, Roberto Moraes et al. COVID-19: emergência e impactos na saúde e no trabalho. Revista Psicologia: Organizações e Trabalho, Brasília, v. 20, n. 2, p. 1-2, 2020.

FREIRE, Paulo. Extensão ou Comunicação? São Paulo: Paz e Terra, 2002.

GUPE Cavernas. [S. l.:s. n., 2020]. Disponível em: https://www.youtube.com/channel/UC7Md9lU2TR7xlaGHFmfdBwA. Acesso em: 04 mar. 2021.

MARCON, Karina. Inclusão e exclusão digital em contextos de pandemia: que educação estamos praticando e para quem? Criar Educação, Criciúma, v. 9, n. 2, p. 80-103, 2020.

MUNSTER, Vicent et al. A novel coronavirus emerging in china - key questions for impact assessment. New England Journal of Medicine, Boston, v. 382, n. 8, p. 692-6944. 2020.

NEUMANN, Adriana et al. Produtividade acadêmica durante a pandemia: Efeitos de gênero, raça e parentalidade: levantamento realizado pelo Movimento Parent in Science durante o isolamento social relativo à Covid-19. 2020. Disponível em: https://327b604e-5cf4-492b-910b-e35e2bc67511.filesusr.com/ugd/0b341b_81cd8390d0f94bfd8fcd17ee6f29bc0e.pdf?index=true. Acesso em: 20 nov. 2020.

NOGUEIRA, Maria José Carvalho. Saúde mental em estudantes do ensino superior: fatores protetores e fatores de vulnerabilidade. 2017. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade de Lisboa, Lisboa, 2017.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Coronavirus disease 2019 (COVID-19) Situation Report – 72. 2020. Disponível em: https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/331685/nCoVsitrep01Apr2020-eng.pdf. Acesso em: 17 nov. 2020.

ORNELL, Felipe et al. “Pandemic fear” and COVID-19: Mental health burden and strategies. Brazilian Journal of Psychiatry, São Paulo, v. 42, n. 2, p. 232-235, 2020. Disponível em: https://www.rbppsychiatry.org.br/details/943/en-US/-pandemic-fear--and-covid-19--mental-health-burden-and-strategies. Acesso em: 16 nov. 2020.

PINTO, Vagner André Morais. Gênero e vivência cotidiana na instituição do espaço da produção científica geográfica Paraná. 2017. Dissertação (Mestrado em Gestão do Território: Sociedade e Natureza) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2017.

SCHMIDT, Beatriz et al. Impactos na Saúde Mental e Intervenções Psicológicas Diante da Pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19). Estudos de Psicologia (Campinas), Campinas, v. 37, p. 1–26, 2020.

SOUZA, Iael; NÓBREGA, Cléverson Vasconcelos da. Por um projeto político-social emancipatório – para além dos muros da academia. Cadernos do PET Filosofia, Teresina, v. 2, n. 3, p. 44-56, 2011.

SOUZA, Marcelo Nogueira; GUIMARÃES, Lislaine Mara Da Silva. Vulnerabilidade social e exclusão digital em tempos de pandemia: uma análise da desigualdade de acesso à internet na periferia de Curitiba. Revista Interinstitucional Artes de Educar, Rio de Janeiro, v. 6, p. 284-302, 2020.

STEVANIM, Luiz Felipe. Exclusão nada remota: desigualdades sociais e digitais dificultam a garantia do direito à educação na pandemia. RADIS: Comunicação e Saúde, Rio de Janeiro, n. 215, p. 10-15, 2020.

TOSTES, Maiza Vaz et al. Sofrimento mental de professores do ensino público. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 42, n. 116, p. 87-99, 2018.

WORLDOMETERS. Coronavirus cases. 2021. Disponível em: https://www.worldometers.info/coronavirus/. Acesso em: 04 mar. 2021.

ZHOU, Fei et al. Clinical course and risk factors for mortality of adult inpatients with COVID-19 in Wuhan, China: a retrospective cohort study. The Lancet, London, v. 395, n. 10229, p. 1054-1062, 2020.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2021v30n2p297

Direitos autorais 2021 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com