As Classificações dos Climas das Cidades

Larissa Piffer Dorigon, Margarete Cristiane de Costa Trindade Amorim

Resumo


A acelerada urbanização brasileira a partir dos anos de 1960 deixou marcas ambientais e sociais nas cidades. Muitos são os indicadores considerados quando se busca avaliar a qualidade ambiental urbana, sendo um deles as ilhas de calor urbanas. Nos estudos sobre esse fenômeno uma etapa considerada basilar é a divisão da cidade em áreas relativamente homogêneas, ou seja, que contenham características minimamente parecidas. Neste sentido, um procedimento que vem sendo utilizado nos estudos de ilhas de calor urbanas é a classificação de unidades climáticas. Sendo assim, este artigo busca discorrer sobre os princípios das classificações climáticas urbanas e aprofundar o conhecimento a respeito da proposta metodológica de Zonas Climáticas Locais (Local Climate Zones - LCZ). Conclui-se que a utilização da metodologia das LCZs possibilita melhor descrição das áreas investigadas, dada a diversidade de características da superfície apresentada no sistema, além de promover a divulgação e a comunicação mais eficiente das análises.

Palavras-chave


Classificação climática; Ilhas de calor urbanas; Clima urbano; Zonas climáticas locais.

Texto completo:

PDF

Referências


ANJOS, Max Wendell Batista. Orientações climáticas para o planejamento urbano numa cidade costeira do nordeste do Brasil: Aracaju-SE. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2017.

AMORIM, Margarete Cristiane Costa Trindade. O clima urbano de Presidente Prudente/SP. Tese (Doutorado em Geografia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

AMORIM, Margarete Cristiane Costa Trindade. Climatologia e gestão do espaço urbano. Mercator, Fortaleza, v. 9, n. 10, p. 71-90, 2010. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/2736/273620609006.pdf. Acesso em: 22 jun. 2016.

AMORIM, Margarete Cristiane Costa Trindade; DUBREUIL, Vincent; QUENOL, Hervé; SANT’ANNA, João Lima. Características das ilhas de calor em cidades de porte médio: exemplos de Presidente Prudente (Brasil) e Rennes (França). Confins [Online], [s. l.], n. 7, p. 1-16, 2009. Disponível em: . Acesso em: 06 set. 2015.

AMORIM, Margarete Cristiane Costa Trindade.Teoria e método para o estudo das ilhas de calor em cidades tropicais de pequeno e médio porte. Tese (Livre-Docência) - Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2017.

ARNFIELD, John. Two decades of urban climate research: a review of turbulence, exchanges of energy and water, and the urban heat island. International Journal of Climatology, Chichester, v. 23, n. 1, p. 1-26, 2003.

ASSIS, Débora Couto; FERREIRA, Cassia Castro Martins. Zoneamento térmico e suas correlações associadas aos padrões de uso e ocupação da terra da região urbana, Centro em Juiz de Fora - MG. Revista Brasileira de Climatologia, Curitiba, v. 22, p. 554-573, 2018.

AUER Jr, August H. Correlation of land use and cover with meteorological anomalies. Journal Applied Climatology, [s. l.], v. 17, p. 636–643, May 1978. Disponível em: https://journals.ametsoc.org/view/journals/apme/17/5/1520-0450_1978_017_0636_coluac_2_0_co_2.xml. Acesso em: 06 set. 2015.

BECHTEL, Benjamin. Multitemporal Landsat data for urban heat island assessment and classification of local climate zones. In: URBAN REMOTE SENSING EVENT, 2011, Munich. Anais [...]. Munich: IEEE, 2011. p. 129–132.

BECHTEL, Benjamin et al. Mapping local climate zones for a worldwide database of the form and function of cities. ISPRS International Journal of Geo-Information, [s. l.], v. 4, n. 1, p. 199-219, 2015.

BRANDÃO, Ana Maria de Paiva Macedo; TARIFA, José Roberto. O campo térmico na cidade do Rio de Janeiro. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA FÍSICA APLICADA, 6., 1995, Goiânia. Anais [...]. Goiânia: UFG, v. 2, p. 45-49, 1995.

CAI, Meng et al. Investigating the relationship between local climate zone and land surface temperature using an improved WUDAPT methodology – A case study of Yangtze River Delta, China. Urban Climate, [ S. l.], v. 24, p. 485-502, June 2018.

CARDOSO, Renata Santos. Classificação de potenciais unidades climáticas em Presidente Prudente-SP. 2015. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Presidente Prudente, 2015.

CHANDLER, Tony John. The climate of London. London: Hutchinson, 1965. Disponível em: http://urban-climate.org/documents/TonyChandler_TheClimateOfLondon.pdf. Acesso em: 23 out. 2014.

CHATEL, Cathy; SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. Forma e dispersão urbanas no Brasil: fatos e hipóteses. Primeiros resultados do banco de dados BRASIPOLIS. Cidades, Presidente Prudente, v. 12, n. 21, p. 108-152, 2015.

COLLISCHONN, Erika; MATTOS, Gil Passos. Classificação de ambientes termicamente homogêneos para estudos de clima na camada do dossel urbano - metodologia e aplicação à cidade de Pelotas/RS. Revista Brasileira de Climatologia, Curitiba, v. 9, p. 56-67, 2011.

DORIGON, Larissa Piffer. As ilhas de calor urbanas em Jundiaí/SP. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Presidente Prudente, 2019.

ELLEFSEN, Richardi. Mapping and measuring buildings in the urban canopy boundary layer in ten US cities. Energy and Buildings, Lausanne, v. 16, n. 3/4, p. 1025-1049, 1991.

FIALHO, Edson Soares. Unidades climáticas urbanas: o caso da Ilha do Governador-RJ. Revista de Ciências Humanas, Viçosa, v. 10, n 1, p. 26-46, 2010. Disponível em: http://www.cch.ufv.br/revista/pdfs/artigo2vol10-1.pdf. Acesso em: 22 jun. 2016.

FOISSARD, Xavier. L´îlot de chaleururbain et le changementclimatique: application à l´agglomérationrennaise. 2015. These (Docteur) - Université de Rennes II, Rennes, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2021v30n2p211

Direitos autorais 2021 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com