Resíduos sólidos e a solução de problemas locais em bairros periféricos: o caso do Programa Lixo Que Vale de Umuarama - PR

Angela Danielle Kuhn, Fabio de Oliveira Neves

Resumo


Os resíduos sólidos têm sido interpretados como problema socioespacial, já que têm o potencial de degradação ambiental e ameaça à saúde pública. No entanto, há uma percepção alternativa destes enquanto solução, pois materiais reaproveitados podem ser respostas a problemas sociais, econômicos e ambientais. Gerir os resíduos sólidos de modo criativo e reinseri-los no ciclo de produção é um desafio. Em Umuarama-PR desenvolve-se o programa Lixo que Vale, com o objetivo de estimular a separação entre resíduos domésticos recicláveis e orgânicos e de resolver problemas ambientais e sociais em bairros periféricos: Jabuticabeiras, Sete Alqueires, Industrial, Arco Íris, Viveiros e Alto da Glória. O objetivo deste artigo é analisá-lo no período de sua existência (2010-2018), considerando os diferentes agentes sociais envolvidos e as estratégias do poder público na resolução de problemas locais. Para isso, discutiu-se a problemática do lixo enquanto fenômeno socioespacial, como problema ou solução para questões locais. Em seguida, realizou-se levantamento de dados sobre a gestão municipal dos resíduos sólidos. Posteriormente, realizaram-se entrevistas semiestruturadas visando caracterizar o programa, levantar opiniões e compreender suas fragilidades. Os resultados mostram que o programa consegue atingir distintas áreas (ambiental, alimentar, emprego e renda) e distribui seus benefícios entre diferentes agentes (população, agricultores e catadores). Algumas fragilidades ameaçam sua permanência: mudanças na gestão municipal e dependência de recursos públicos.

Palavras-chave


Gestão de resíduos sólidos; Bairros periféricos; Problemas socioambientais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2019v28n2p165

Direitos autorais 2019 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com