O processo de territorialização do agronegócio global na Microrregião Geográfica de Rondonópolis – MT, a partir da década de 1970

Roberto Souza Santos

Resumo


O artigo levanta uma discussão teórica e empírica sobre as contribuições do processo de modernização na reorganização do espaço agrário e no fortalecimento político e econômico de um grupo de atores sociais vinculados ao agronegócio na Microrregião de Rondonópolis – MT, a partir da década de 1970, com a introdução do progresso técnico-científico no espaço agrário dentro do modelo de produção capitalista. Observa e estuda a influência da introdução do progresso técnico-científico na modernização da economia e do espaço agrário, bem como o papel que este progresso desempenhou no fortalecimento político e econômico do setor ligado ao agronegócio. O texto aborda as estratégias dos agentes do agronegócio no processo de produção tanto a montante quanto a jusante no setor agrícola. Observa as ações e estratégias de territorialização das empresas globais do agronegócio e sua influência na reorganização e produção do espaço regional e a subordinação dos agricultores à sua arena geopolítica comercial. Adotou-se o método qualitativo e a elaboração do artigo baseou-se em uma revisão bibliográfica e em uma pesquisa empírica. Após o levantamento bibliográfico, procedeu-se a compilação, organização das ideias e interpretação dos dados e informações teóricas e empíricas disponíveis na literatura adotada e nas pesquisas de campo.

Palavras-chave


Modernização do espaço agrário; Microrregião de Rondonópolis; Empresas globais do agronegócio.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2019v28n2p123

Direitos autorais 2019 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com