Fortaleza e a ocupação do espaço litorâneo no Grande Pirambu

Regina Balbino da Silva, Alexandre Queiroz Pereira, Maria Clélia Lustosa Costa

Resumo


Este artigo tem como objetivo discutir o processo de apropriação diferenciada da orla fortalezense, com ênfase nas transformações socioespaciais decorrentes da implantação do projeto Vila do Mar no Grande Pirambu, porção oeste do litoral, apresentando as mudanças socioespaciais ao longo das últimas duas décadas, identificando as diferenças entre dois projetos de urbanização e requalificação realizados na área e como estes projetos interferiram na forma de apropriação dos espaços públicos do litoral oeste. As intervenções realizadas no Grande Pirambu, por parte do poder público, geraram novas formas de apropriação do espaço, alterando o cotidiano da população e favorecendo a construção de um sentimento de pertencimento e identidade com este lugar.

Palavras-chave


Urbanização; Lazer; Espaço público;Produção do espaço urbano.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2018v27n1p47

Direitos autorais 2018 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com