Análise de exatidão entre MDEs: AW3D, SRTM-30m e Projeto SPMGGO50

Antonio Santiago da Silva, Oberdan Rafael Pugoni Lopes Santiago, Claudionor Ribeiro da Silva

Resumo


A partir do surgimento e disponibilização de base de Modelos Digitais de Elevação (MDE) de abrangência mundial e gratuitos, houve um expressivo aumento de trabalhos para a realização da modelagem de superfície da Terra. Contudo, a qualidade dos produtos gerados a partir desses dados e as escalas adequadas de uso ainda carecem de estudos mais detalhados. O presente trabalho visou analisar a precisão altimétrica de dados AW3D, SRTM e do projeto SPMGGO50 do IBGE na bacia hidrográfica do Ribeirão São Domingos (BHSD), município de Catalão/GO, avaliando a adequação desses dados às escalas 1:50.000, 1:100.000 e 1:250.000, observando a metodologia indicada pelo Padrão de Exatidão Cartográfica dos Produtos Cartográficos Digitais (PEC-PCD). Foram coletados 44 pontos de controle/validação em campo para a aferição dos modelos. Para tanto, foram calculados a tolerância vertical e o Erro médio quadrático dos modelos em relação aos pontos de validação. Os sensores SRTM e AW3D e o projeto SPMGGO50 atingiram a classe “B” na escala 1:100.000 e “A” na escala 1:250.000.

Palavras-chave


PEC-PCD; SRTM; AW3D; Projeto SPMGGO; Acurácia. MDE.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2018v27n2p87

Direitos autorais 2018 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com