Turismo, redes, regiões e produção geográfica sobre o território brasileiro

Maria del Carmen Matilde Huertas Calvente, Carlos Eduardo Pontes Galvão Filho, Érica Mantovani Martins

Resumo


Quais são, atualmente, os papéis a serem desempenhados pelas redes na organização do turismo no território brasileiro? E o que dizer sobre a importância das redes de conhecimento? Tomando por base essa questão inicial, discutimos o papel das redes como instrumento do poder e da seleção dos lugares. Partimos, então, para a discussão das redes de conhecimento. Para compreender a difusão dos estudos de Geografia sobre o turismo no território brasileiro, escolhemos três eventos da Associação dos Geógrafos Brasileiros. O trabalho de sistematização revelou estudos geográficos sobre o turismo nacional manifestados de maneira multifacetada nas regiões brasileiras, pela diversidade dos meios naturais e/ou dos grupos sociais encontradas no país, diferenças essas refletidas em disparidades no uso do território. Ocorre um dinamismo nas áreas turísticas, sendo que locais conhecidos historicamente como de destacado uso turístico têm dado lugar a novos locais, escolhidos pelos visitantes, pelas firmas hegemônicas do setor ou ainda pelas políticas públicas relacionadas.

Palavras-chave


Território; Turismo; Redes de conhecimento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2008v17n1p155

Direitos autorais 2010 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com