Geografia e Ontologia Marxiana

Rafael Rossi

Resumo


De modo geral a Geografia é tratada apenas do ponto de vista gnosiológico enquanto um ramo da ciência que se especializou no estudo das diferentes dimensões físicas, sociais e outras que produzem o espaço geográfico. Certamente a Geografia é, também, uma ciência própria, específica. Todavia, propomos neste artigo uma reflexão de ordem ontológica materialista a respeito da Geografia. Neste sentido, podemos compreendê-la enquanto um complexo universal, ou seja, ontológico do ser social. Para demonstrar a necessidade deste raciocínio e deste modo de encarar esta problemática, trazemos as contribuições do filósofo húngaro Gyrogy Lukács, em especial, no tocante à sua monumental Ontologia do Ser Social, pois nesta obra há reflexões imprescindíveis para a compreensão a respeito da constituição do mundo dos homens numa perspectiva eminentemente crítica, radical e revolucionária. 

A


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2016v25n2p79

Direitos autorais 2017 GEOGRAFIA (Londrina)



 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com