Nota sobre Métodos para a Avaliação da Precisão Vertical dos DEMs

Marvin E. Quesada, Matthew Marsik

Resumo


Este estudo investiga a precisão vertical de um modelo de elevação digital interpolado a partir de uma escala de 1:50.000, utilizando MED pontilhadas de 1:10000 com linhas de contorno como uma fonte independente de alta precisão e seguindo os propostos pelos indicadores do Comitê Federal de Dados Geográficos, CFDC (1998). De acordo com estes indicadores, os contornos de uma escala de 1:10.000 não são qualificadas como pontos bem definidos em uma posição horizontal conhecido e um alto nível de precisão, o que pode ser facilmente visto e recolhido no campo. Portanto, MEDs são criados a partir de escala 10.000 contornos e, utilizados para corroborar a precisão vertical numa escala 1:50000. Além disso, as MEDs incluem uma comparação de gamas de elevação, erros de superfície de exibição e perfis latitude e longitude.

Palavras-chave


SEMs; Interpolation; Topography; Geospatial accuracy; Vertical accuracy; Costa Rica.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2017v26n2p5

Direitos autorais 2017 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com