Entre o território comunitário e o território societário: os impactos na realocação de Itueta - MG

PATRÍCIA FALCO GENOVEZ

Resumo


Itueta, cidade localizada no Vale do Rio Doce/MG, emancipou-se de Resplendor em 1948. Em fins da década de 1990, iniciaram-se os primeiros contatos para a realocação da população da cidade em função da construção da Usina Hidrelétrica de Aimorés (Consórcio Vale-CEMIG), processo finalizado em 2005. Poucos são os trabalhos que buscam acessar dimensões relativas às emoções e às relações que emergem num processo de realocação populacional. Dada a complexidade do objeto em foco, envolvendo múltiplas dimensões, faz-se necessário uma reflexão sobre as discussões existentes em torno dos Estudos Territoriais que dizem respeito ao conceito de território e das suas tipologias; especialmente, na verificação se tais tipologias seriam adequadas para acessarmos a singularidade do caso de Itueta. Por fim, consideramos duas novas tipologias que, observadas num continuum, podem contribuir para a análise de processos de territorialização e desterritorialização: território comunitário e território societário.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2013v22n2p139

Direitos autorais 2014 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com