Diagnóstico da gestão de resíduos sólidos urbanos no município de Rolândia (PR)

Ângela Cristina Alves de Melo, Mirian Vizintim Fernandes Barros, Fernando Fernandes

Resumo


O gerenciamento integrado de resíduos sólidos urbanos pressupõe a redução da quantidade gerada, a reutilização ou reciclagem, a compostagem e a disposição dos resíduos finais em locais apropriados. O objetivo deste trabalho concentrou-se na quantificação e estimativa da geração e disposição final dos resíduos sólidos urbanos, em conformidade com a evolução urbana da cidade de Rolândia. Para tanto realizaram-se diversos levantamentos, relativos à infra-estrutura de coleta, bem como produção e destinação final de resíduos domiciliares, dos serviços de saúde, de poda, varrição, construção e demolição, entulhos e resíduos industriais. Constatou-se uma produção média diária de 29 toneladas de resíduos domiciliares, que para uma população urbana estimada em 48.666 habitantes em 2004, representa aproximadamente 605 gramas per capita diária (hab./dia). Contudo, verificou-se a necessidade de aprimoramento da coleta seletiva que atualmente tem apresentado bons resultados, mas pode crescer muito ainda em relação ao percentual de materiais potencialmente recicláveis presente nos resíduos municipais.


Palavras-chave


Resíduos Sólidos; Gestão; Aterro Sanitário; Reciclagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2011v20n2p5

Direitos autorais 2012 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com