Ensino de Geografia: origens e perspectivas

Jean Carlos Rodrigues

Resumo


O presente artigo pretende refletir sobre a atual situação do ensino de Geografia bem como sobre suas origens e perspectivas. Para tanto partimos, inicialmente, de algumas considerações acerca do ensino bem como sobre sua relação com a educação e a instrução. Em seguida, refletimos sobre a institucionalização da ciência geográfica, sua relação com o ensino nas escolas elementares (no final do século XIX) e de ensino superior (no início do século XX). Posteriormente, após algumas colocações sobre as origens do ensino de Geografia no Brasil, discutimos sobre a atual situação desse ensino no país procurando relacioná-lo com as tendências educacionais nas quais ela foi inserida. Finalmente, num terceiro momento, abordamos algumas perspectivas, fundamentadas em bibliografias sobre essa temática, a respeito desse ensino e sobre suas contribuições à sociedade. Essas contribuições, por sua vez, podem servir tanto para "fazer a guerra" como para modificar a estrutura social na qual estamos inseridos dependendo da prática pedagógica docente e de seu compromisso político-pedagógico.

 

 


Palavras-chave


Geografia; Ensino; Educação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2447-1747.2000v9n2p137

Direitos autorais 2011 GEOGRAFIA (Londrina)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Locations of visitors to this page

 

Geografia (Londrina)

ISSN: 0102-3888

E-ISSN: 2447-1747 

E-mail: revista.geografia.uel@gmail.com