JACINTO NA CIDADE: UM REPRESENTANTE DO DECADENTISMO FINISSECULAR

Mariana Constantino Nardine, Rita de Cássia Lamino de Araújo Rodrigues

Resumo


No final do século XIX, na Europa, o campo artístico literário tomava novos rumos. Os avanços de áreas como a ciência e a economia intensificaram o cosmopolitismo e o consumo, acarretando no sentimento de efemeridade da vida, que culminou na descrença sobre o progresso e no sentimento de decadência, o que originou a estética decadentista na literatura. Diante disso, o presente artigo tem o objetivo de apresentar o modo como a postura dândi e o influxo do Decadentismo se faz presente por meio composição da personagem Jacinto na primeira parte de A Cidade e as Serras, de Eça de Queirós.


Palavras-chave


A Cidade e as Serras; Decadentismo; Jacinto.

Texto completo:

PDF

Referências


BERRINI, Beatriz, Jacinto: aristocrata rural. In: Colóquio/Letras, n.º 97 (1987), p. 26-36.

CARVALHO, C. H. B. Da decadência à regeneração: Jacinto e o percurso da autodescoberta em A Cidade e as Serras. Tese (Mestrado em Literatura Portuguesa e Estudos Interdisciplinares) - Universidade Aberta de Lisboa. Lisboa, 2007.

CATHARINA, Pedro Paulo Garcia Ferreira. Quadros literários fin-de-siècle: um estudo de Às Avessas, de Joris-Karl Huysmans. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2005.

FRANCHETTI, Paulo. Apresentação. In: QUEIRÓS, Eça de. A cidade e as serras. Notas e comentários Leila Guenther. Cotia: Ateliê Editoral, 2007.

FERNANDES, Annie Gisele. As respostas da intelligentsia lusitana ao Portugal de fins de oitocentos: O nacionalismo e o messianismo literários. Via Atlântida (USP), v.6. São Paulo, 2003. p. 29-44.

GOMES, A.C. O Simbolismo. São Paulo: Editora Ática.1994.

LEPECKI, Maria Lúcia. Eça na Ambiguidade. Lisboa: Jornal do Fundão,1977.

MATTER, Michele Dull Sampaio Beraldo. A Postura (Anti-) Dândi e a noção de decadência no conto Civilização de Eça de Queirós. In: O Marrare: revista da Pós-graduação em Literatura Portuguesa. V. 8. Rio de Janeiro, 2008. P. 104 – 117. Disponível in: < http://www.omarrare.uerj.br/numero9/michele.html> Acesso em 1 jun. 2018.

PEREIRA, José Carlos Seabra. Decadentismo e Simbolismo na Poesia Portuguesa. Coimbra: Centro de Estudos Românicos, 1975.

QUEIRÓS, E. A cidades e as serras. São Paulo: Editor Ática, 1997. (Série Bom Livro)


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br