ENTRE HISTÓRIA E FICÇÃO, SONHO E REALIDADE

Aurora Gedra Ruiz Alvarez

Resumo


Este artigo estuda tanto as soluções estéticas privilegiadas por Julio Cortázar em “La noche boca arriba”, quanto aquelas escolhidas por Hugo Covarrubias na transposição desse conto para uma animação. Da análise do corpus será mostrado que a simultaneidade de relatos e a ambiguidade estabelecida pelo jogo constante entre o empírico e o metaempírico respondem pela criação de uma narrativa fantástica que vai, aos poucos, diluindo as fronteiras dessas realidades e pela criação de um desdobramento identitário.

Palavras-chave


Transposição intersemiótica; Duplo; Fantástico.

Texto completo:

PDF

Referências


ALAZRAKI, Jaime. ¿Qué es el neofantástico? Mester. Los Angeles: UCLA, v. XIX, n. 2, p. 21-33, fall 1990.

BERMEJO, Ernesto González. Conversas com Cortázar. Tradução de Luís Carlos Cabral. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2002.

BRAVO, Nicole Fernandez. Verbete Duplo. In: BRUNEL, Pierre. Dicionário de mitos literários. Tradução de Carlos Sussekind et al. 2. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1997. p. 261-288.

BRITANNICA ENCYCLOPEDIA. Huitzilopochtli. Disponível em: < https://www.britannica.com/topic/Huitzilopochtli >. Acesso em 23 jun. 2018.

CLÜVER, Claus. Inter textus / Inter Artes / Inter Media. Revista Aletria, Belo Horizonte: Editora da Universidade Federal de Minas Gerais. n. 14, p. 11-41, jul-dez. 2006.

CORTÁZAR, Julio. La noche boca arriba. In: Final del juego. Mexico: Editorial Nueva Imagem. 1983, p. 157-166.

_______. A noite de barriga para cima. In: Final do jogo. Tradução de Paulina Wacht e Ari Roitman. 2. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016.

_______. Alguns aspectos do conto. In: Valise de cronópio. Tradução de Davi Arrigucci Jr. e João Alexandre Barbosa. São Paulo: Perspectiva, 1974/2002. p. 147-163.

_______. Do conto e seus arredores. In: Valise de cronópio. Tradução de Davi Arrigucci Jr. e João Alexandre Barbosa. São Paulo: Perspectiva, 1974/2006. p. 227-237.

CUNHA, Carla. Verbete Duplo. In: CEIA, Carlos. E-Dicionário de termos literários. Disponível em: . Acesso em: 09 ago. 2018.

FERREIRA, Lúcia de Fátima Guerra. O Tribunal de Russell II e a voz da resistência à ditadura militar no Brasil. Revista Interdisciplinar de Direitos Humanos (RIDH). Bauru: Departamento de Ciências Humanas, da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Unesp/Bauru, v. 4, n. 2, p. 93-110, jul./dez. 2016.

FURTADO, Filipe. A construção da narrativa fantástica. Lisboa: Livros Horizonte, 1980.

HASSIG, Ross. As guerras floridas. In: Tempo ameríndio – Ancient America. 17 mai. 2013. Disponível em: < https://ancientamerindia.wordpress.com/2013/05/17/as-guerras-floridas-2/ >. Acesso em: 12 mar. 2018.

LA NOCHE BOCA ARRIBA. Direção: Hugo Covarrubias. Produção: Maleza Studio e por Zumbastico Studios. Pós-produção de imagem e som: Filmosonido. Roteiro: Alvaro Ceppi, Hugo Covarrubias, Muriel Miranda. Direção de arte: Oscar Ramos e Hugo Covarrubias. Direção de fotografia: Hugo Covarrubias e Christian Saavedra. 2012. Colorido, espanhol (9:16 min.). Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=EgU-Vlf1od0 >. Acesso em 20 jun. 2018.

POE, Edgar Allan. The philosophy of composition. In: POE, Edgar Allan. Essays and reviews. New York: The Library of America, 1984. p. 13-25.

RANK, O. O duplo: um estudo psicanalítico. Tradução de Érica Sofia Luísa de Mello Foerthmann Schultz et al. Porto Alegre: Dublinensem, 2013.

ROSSET, Clément. O real e seu duplo: ensaio sobre a ilusão. Tradução de José Thomaz Brum. Porto Alegre: L&PM, 1988.

SARAMAGO, José. Contar a vida de todos e de cada um. In: Fundação José Saramago. Disponível em: < https://www.josesaramago.org/contar-a-vida-de-todos-e-de-cada-um/ >. Acesso em 20 fev. 2018.

TODOROV, Tzvetan. Introdução à literatura fantástica. Tradução Maria Clara Correa Castello. São Paulo: Perspectiva, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br